A BEUMER está entre as
100 empresas alemãs de médio porte mais inovadoras

O BEUMER Group, com sede em Beckum foi premiado com o selo "top 100" como uma das empresas mais inovadoras dentre as corporações alemãs de médio porte. Honrada na Cúpula Alemã de Pequenas e Médias Empresas, que aconteceu em 26 de junho em Essen, o jornalista científico e apresentador de TV Ranga Yogeshwar entregou à empresa o cobiçado prêmio. Antes, a BEUMER passou por um processo de análise científica de duas etapas. O fornecedor completo de intralogística está, pela segunda vez, entre os mais inovadores.

Sucesso com visão empresarial

Para o gerenciamento, planejamento e controle sistemático de inovações, o BEUMER Group possui um gerenciamento de inovação alinhado à estratégia integrada de negócios do grupo. Nos últimos dois anos, o grupo registrou cerca de 100 patentes. O processo de desenvolvimento para obter números tão altos precisa ser bem planejado. "Nossa estratégia divide-se em três partes," afirma o presidente da diretoria e CEO Dr. Christoph Beumer. "A gestão de ideias, a coordenação de pesquisa e desenvolvimento e o gerenciamento estratégico de produto." As melhores ideias nascem nas mentes dos próprios colaboradores. Estas ideias são coletadas e repassadas ao gerenciamento de inovação pelos chamados Idea Scouts. Na sequência, os responsáveis pelo produto avaliam o potencial de uma ideia para obter sucesso no mercado.

"Nosso sucesso não seria possível sem nossos colaboradores engajados" explica o Dr. Hermann Brunsen, diretor técnico na BEUMER. "Eles garantem um alto nível de satisfação do cliente e uma presença de mercado com sucesso a longo prazo." O BEUMER Group é um dos fabricantes líderes em intralogística nas áreas de tecnologia de embalagem e paletização, transporte e carregamento, bem como sistemas de classificação e distribuição. A empresa possui cerca de 4.000 colaboradores e celebra seu 80º aniversário este ano.

Comprovado cientificamente

A base para a premiação é uma análise de dois estágios. Os responsáveis são o Prof. Dr. Nikolaus Franke e sua equipe do departamento de empreendedorismo e inovação da Universidade de Viena. Os cientistas estão estudando o gerenciamento de inovação e o sucesso de empresas de médio porte com base em mais de 100 parâmetros em cinco categorias. A decisão sobre quem recebe o prêmio é tomada somente pela diretoria acadêmica.

Este ano, o Sr. Franke e sua equipe avaliaram tantas inscrições como nunca: 302 inscritos resultaram em 234 empresas na final. Dentre elas, 178 empresas em três categorias de tamanho (máximo de 100 empresas por categoria) receberam o prêmio. Incluindo 71 líderes de mercado nacionais e 31 líderes de mercado mundiais. No total, os mais inovadores registraram 3.405 patentes nos últimos três anos. Quase 41 por cento de seu faturamento foi revertido para inovações de mercado e melhorias submetidas à competição no mercado - a média de todas as pequenas e médias empresas (PMEs) na Alemanha é de 6,6 por cento. Sucesso não vem da noite para o dia: as empresas mais inovadoras investiram uma média de 10,5 por cento de seu rendimento em pesquisa e desenvolvimento - a média de todas as PMEs na Alemanha é de 1,5 por cento. Dois terços do "top 100" são empresas familiares.