Codificação
descentralizada
usando VCS e OCR

Etiquetas no-read podem causar uma perda de capacidade durante os horários de pico, mas a codificação descentralizada por meio de um Sistema de Codificação de Vídeo (VCS) pode ser a solução para isso. Enquanto a maior parte das etiquetas de bagagens estão sendo processadas automaticamente por um sistema totalmente automático, algumas etiquetas com problemas devem ser lidas manualmente. O processo típico de redirecionamento da bagagem para uma estação de codificação manual (MES) é exigente quanto a tempo e recursos.

Para resolver essa questão, o BEUMER Group desenvolveu um sistema de codificação descentralizado, que permite que as informações da fonte de bagagem sejam codificadas enquanto a bagagem permanece em movimento. No caso de uma etiqueta de bagagem no-read, uma imagem é enviada por meio do VCS para um operador que codifica a informação de modo descentralizado via estação de trabalho ou tablet. O sistema de codificação descentralizado também suporta a integração de um leitor OCR (reconhecimento óptico dos caracteres) opcional a ser integrado no nível do servidor para minimizar o número de etiquetas de bagagens no-read.

Além de diminuir custos e economizar tempo, a codificação descentralizada contribui de forma positiva para a experiência completa dos passageiros.