Informes de
imprensa

Transporte econômico de clínquer de cimento
Beckum, 29. April 2019

O BEUMER Group oferece robustos transportadores de lâminas sobre correia:

Em fábricas de cimento são utilizados robustos transportadores de lâminas de aço para transportar clínquer de forma segura e econômica, do refrigerador de clínquer até os silos. O BEUMER Group é o único fabricante que oferece um modelo especial, o transportador de lâminas sobre correia (GSZF): Utilizando uma correia no lugar da corrente como elemento de tração, é possível alcançar uma velocidade maior com um design mais estreito, enquanto que o rendimento é mantido. O que torna os transportadores de lâminas sobre correia uma boa opção para modernizações.

Normalmente, o clínquer saí do resfriador com 80 graus mais temperatura ambiente. Porém, durante o processo pode ocorrer a chamada avalanche, desencadeada por uma avalanche de farinha da torre de pré-aquecimento ou pela ruptura de um anel diretamente no forno: em poucos segundos, uma avalanche de várias toneladas de farinha crua ou clínquer sai do resfriador. O material transportado não esfria suficientemente e chega com temperaturas de 500 a 800 graus Celsius no transportador.

Com seus transportadores de lâminas de aço, o BEUMER Group tem em seu portfólio duas soluções robustas e confiáveis. O modelo específico das lâminas permite um transporte seguro, com pouco desgaste de qualquer material quente. Paredes laterais vedadas e sobrepostas, assim como placas de fundo das lâminas evitam que o clínquer escape e minimizam a queda de pó. Nesse transportador é utilizado como elemento de tração uma corrente robusta de talas duplas com ramal simples ou duplo. No lugar de uma corrente, o fornecedor de sistemas é o único fabricante no mercado que oferece transportadores de lâminas de aço com as comprovadas correias de cabos de aço BEUMER como elemento de tração, provenientes técnica de elevadores de caçamba. As lâminas estão fixadas na correia resistente reforçada com cabos de aço, de tal forma que o calor do clínquer sobre as lâminas de aço não seja transferido para a correia. Na área de alimentação abaixo do resfriador, a correia está protegida contra o clínquer quente por placas divisórias no ramal de retorno, que podem ser facilmente desmontadas para manutenção no caso de uma avalanche.

Uma vantagem decisiva do transportador de lâminas de aço sobre correia é que, com 0,6 por segundo, ele alcança o dobro da velocidade de transporte comparado ao transportador de lâminas de aço com corrente. Com isso, ele torna-se uma boa opção para retrofit e modernizações. Caso o operador queira aumentar o rendimento do seu forno, ele pode substituir um transportador de lâminas de aço com corrente por um modelo com correia, com a mesma largura e o dobro de rendimento - isso sem necessidade de modificar a estrutura metálica ou a estrutura de suporte da correia. Em caso de uma construção nova, as fábricas de cimento também se beneficiam, já que a forma construtiva mais estreita e o peso reduzido do transportador de lâminas sobre correia também reduzem os custos com estrutura metálica e transporte. Adicionalmente, o peso próprio menor reduz as cargas estáticas e dinâmicas que atuam, por exemplo, sobre o silo de clínquer ou sobre o fundamento. Uma nova construção pode ser projetada para uma carga reduzida e, consequentemente, uma instalação mais barata. Além disso, a construção mais leve reduz os custos de operação.

Silencioso, com pouca necessidade de manutenção e seguro

A correia se apoia completamente sobre os tambores de acionamento e de retorno. Dessa forma evita-se o indesejado efeito poligonal que ocorre com a corrente. O funcionamento silencioso também reduz de forma significativa as emissões de ruídos. O nível de ruído é menor que a metade do volume emitido por transportadores de lâminas de aço convencionais. Isso protege colaboradores e o ambiente.

Adicionalmente, o uso da correia de longa vida útil da BEUMER reduz a necessidade de manutenção e prolonga os intervalos de manutenção. Além disso, quando trabalhos de manutenção preventiva não são executados de forma adequada, a corrente pode romper e o transportador cair. Por outro lado, a correia de cabos de aço somente envelhece e a borracha se torna quebradiça, porém ela nunca romperia. Além disso, não é necessário lubrificar a correia, diferente da corrente que precisa ser lubrificada com frequência, até para a redução de ruídos. Graxa e óleo são, além de caros, prejudiciais ao meio ambiente e ao transportador. Pois, o acúmulo de clínquer sobre os elos da corrente acelera o desgaste.

 ...
BEUMER Group’s tote-based baggage handling solution the preferred choice for Kuwait City’s iconic Terminal 2 international airport project
Aarhus, 09. April 2019

Kuwait International Airport has opted for a tote-based baggage handling system for its iconic new Terminal 2 airport project, which brings together the best of contemporary design and technology. Once operational, it will bring Kuwait to the forefront of global aviation.

The BEUMER Group, a leading global supplier of automated baggage handling systems (BHS), is providing the bespoke BHS based on its technology range. Designed specifically to meet the various demands of the new hub, which includes fast transfer times, the new system will incorporate industry-leading technology such as in-tote hold baggage screening (HBS) and an 1800-position early baggage storage (EBS) CrisStore® function.

The new terminal’s state-of-the-art BHS with the CrisBag® system, will overcome various challenges through the use of BEUMER Group’s advanced high and low-level control system, which will be key to ensuring a flexible and reliable performance when handling major baggage flows.

Explaining Kuwait’s decision to build one of the world’s most innovative and advanced airports, Sheikh Salman Sabah Salem al-Humoud al-Sabah, Kuwait’s Directorate General of Civil Aviation (DGCA), says that the new USD 12 billion mega-hub will meet the rapid growth in air traffic in the region.

In a statement released last year at the Kuwait Investment Forum, he predicted, "Kuwait will witness a rapid growth in passenger and cargo movements in the coming 20 years. To keep pace with this growth, the DGCA has also revamped the existing airport through a number of projects, such as the construction of the new passenger Terminal 2.”

Given Kuwait Airport’s strategic location, the new airport, which is scheduled to be completed by 2022, is expected to serve as the region’s leading hub for traffic flowing between Africa, Europe, Asia, the Americas and the Middle East.

The new passenger terminal will have the capacity to handle 25 million passengers per year and accommodate all aircraft types through 51 gates and stands. Kuwait airport has contracted the BEUMER Group’s Middle East Customer Support Team to provide ongoing residential maintenance functions, with BEUMER Group specialists responsible for all day to day functions of the CrisBag® operation.

Klaus Toftgaard, CEO of BEUMER Group Middle East, applauds this decision, pointing out that this is by far and away the best strategy for the owner of a technologically-advanced BHS to ensure optimum efficiency. He stresses “this is now the solution being adopted by leading global airports, since it draws upon the in-depth knowledge of the system’s designer and builder to ensure that the system will continue to run smoothly, even in the most challenging environments.”

The Ministry of Public Works Kuwait is leading this prestigious project with Foster and Partners in association with Gulf Consult as the designers and Limak Insaat as the main contractor.

 ...
BEUMER Group’s baggage handling system plays important role in the smooth running of Singapore Changi Airport’s baggage operations
Aarhus, 26. March 2019

Changi Airport Group’s (CAG) recently released 2018 performance figures make for impressive reading. The multi-award-winning airport is now handling more than 65 million passenger movements annually.

Behind the scenes, BEUMER Group’s BHS plays a key role in ensuring the overall smooth handling of passengers’ baggage.

"Changi Airport first put its trust in our baggage handling technology in 1998,” says BEUMER Group Managing Director, Klaus Schäfer. He explains that the airport has deployed BEUMER’s baggage handling system in Terminals 2, 3 and 4, and over the years, has also extended the relationship by having BEUMER undertake year-round operational and maintenance support of the BHS as part of the overall care package.

The confidence placed in BEUMER’s technology by CAG has paid off.

Significantly, the company continues to deliver industry leading BHS reliability using the same number of personnel as when the contract first started in 2001. Furthermore, they have put in some truly noteworthy performances.

While the number of bags handled across the whole airport doubled in the last five years, the number of staff employed by BEUMER remained the same. With an average increase of 26,000 bags processed each day, BEUMER’s expertise ensured that the BHS could handle the rising demand on capacity and continued to run smoothly.

BEUMER Customer Support Director, Finn Laugesen, is in no doubt as to why Changi Airport’s BHS can operate so reliably, "We build long term relationships with our customers, so we genuinely understand their needs and are thus able to deliver the required performance. As a direct result of customer understanding, we have demonstrated that peak loads on the system don’t require extra staff. Instead, by combining meticulous planning and rigorous on-going system checks we are able to avoid any surprises.”

He adds that in terms of passenger satisfaction, Changi Airport continues to receive awards.

CAG's Vice President for BHS, Ng Hoe Seng also acknowledges the success of the BHS relies on the strength of the operational relationship between the two companies, " The BEUMER Group has invested time and effort to understand our requirements. They play an important part in our operational ready acceptance tests, most recently at Terminal 4, where the new BHS began operations successfully and on-time, after extensive testing prior to the opening. This included BEUMER Group processing over a million bags in addition to the training of all ground personnel".

The original contract was followed by the installation of a CrisBag system in Terminal 3 which undertakes dual baggage sorting and inter-terminal transfer baggage, linking to Terminals 1, 2 and 3.

Terminal 4, also benefits from the BEUMER Group technology, having its own dedicated CrisBag tote-based system.

 ...
Embalagem ideal
Beckum, 05. March 2019

O BEUMER Group fornece linhas de embalagens completas e adaptadas aos clientes de uma só fonte:

Seja para a indústria de cimento, construção civil, química, produtos de consumo ou setor de logística - como provedor completo, o BEUMER Group fornece linhas de embalagem adaptadas individualmente aos usuários e suas particularidades, assim como soluções de intralogística complementares. Para isso a gama de produtos é abrangente e construída de forma modular. Um dos clientes do grupo é a rede de drogarias dm-drogerie markt GmbH & Co. KG com seu centro de logística na cidade de Weilerswist, próximo de Colônia.

O BEUMER Group instala linhas de embalagem para a indústria (petro)química, que podem ser como a seguir: materiais a granel da indústria química chegam no silo por meio de uma seção de transporte até o sistema Form-Fill-Seal BEUMER fillpac FFS. A ensacadeira de alto rendimento forma um saco a partir do filme tubular de polietileno pré-fabricado e o enche com materiais sintéticos técnicos do cliente, como granulados de PE, PP, PA ou PS. Também é possível um ensacamento seguro, cuidadoso e sustentável de sais e fertilizantes. Antes do processo de ensacamento os sacos são pesados. Para isso, a BEUMER fillpac FFS é equipada com um dispositivo de pesagem eletrônico aferível. Ele assegura que o Sistema Form-Fill-Seal encha os sacos sempre com a mesma quantidade dentro das tolerâncias definidas. Na sequência, os sacos de até 25 kgs são selados pelo sistema. Por hora, é possível processar até 2.600 sacos.

Para ensacar os materiais a granel de forma eficiente em sacos de papel, principalmente cimento e materiais de construção, o provedor de sistemas desenvolveu a BEUMER fillpac R. Esses sistemas trabalham de forma segura, cuidadosa, sustentável e com o rendimento exigido. Essa linha de produtos é equipada com um dispositivo de pesagem especial. Dependendo das exigências e das características do material, tais como, densidade aparente, espessura do material, comportamento de fluxo ou granulometria, o BEUMER Group oferece a BEUMER fillpac R como ensacadeira por ar ou com turbinas. Ensacadeiras por ar são ideais para ensacar produtos dispersos e de granulação grossa com tamanhos de partículas de até dez milímetros - o processo por turbinas é ideal para produtos de fluxo livre e de granulação fina como cimento e gesso. Para um ensacamento ainda mais eficiente, a instalação pode ser equipada com o aplicador de sacos BEUMER bag placer e com o carregador de fardos de sacos.

Seguro e estável sobre paletes

Os sacos cheios de diferentes tipos de materiais como papel, polietileno ou polipropileno e com pesos diferentes e em diferentes execuções (saco valvulado ou saco de rafia) precisam na sequência ser empilhados de forma segura e exata sobre os paletes. Para isso, o provedor de sistemas desenvolveu o BEUMER paletpac. Ele pode ser montado rapidamente, possui boa acessibilidade para manutenção, sua operação é intuitiva e pode ser adaptado de forma flexível às diferentes configurações de camadas. Para um posicionamento cuidadoso, rápido e exato dos sacos, dependendo da exigência ao produto, o BEUMER paletpac pode ser equipado com um dispositivo de giro de grampos ou de correia dupla. Para a paletização de caixas de papelão, pacotes, vasilhames ou bandejas, o BEUMER Group possui o BEUMER robotpac. Esse robô de braço articulado requer pouco espaço e executa de forma segura e eficiente tarefas de paletização e despaletização complexas de maneira totalmente automática. Para cada produto a ser empacotado, o cliente recebe um sistema de garras adaptado que pode ser substituído de forma flexível e automática para os diferentes produtos.

Embalagem segura dos produtos da drogaria dm

Peça central das linhas de embalagem são os sistemas de embalagem de alto rendimento BEUMER stretch hood. Ele cobre os diferentes produtos paletizados com uma capa altamente estirável, como mercadorias ensacadas e paletizadas, assim como caixas de produtos de limpeza, baldes de tintas ou barris, que se encontram sobre paletes. Desta forma, mesmo em caso de transbordo ou armazenamento externo, a mercadoria fica protegida de influências do ambiente, como sol, sujeira e umidade. Isso é importante, pois o operador precisa transportar a mercadoria de forma segura e impecável até o cliente, no caso a empresa dm-drogerie markt GmbH & Co. KG.

A rede de drogarias possui centros de distribuição próprios em Waghäusel na província de Baden e em Weilerswist, próximo da cidade de Colônia. Aqui, os colaboradores preparam as caixas para as filiais. Além disso, em Weilerswist há um pequeno centro de distribuição. Aqui produtos pequenos e individuais, que não podem ser transportados diretamente sobre paletes de forma segura, são colocados e embalados em bandejas e caixas, na sequência agrupados, paletizados e enviados. Os centros de distribuição em Waghäusel e Weilerswist distribuem juntos no total uma variedade de 12.800 artigos.

Proteção dos paletes

Diariamente, chegam em Weilerswist até 3.000 paletes com mercadorias. Elas são registradas e controladas pelos colaboradores. Por meio de uma seção de transporte, elas chegam a dois armazéns verticais completamente automáticos onde são temporariamente armazenados. Por meio de vias suspensas e sistemas de transportes sem condutores, os paletes vazios percorrem 42 corredores. Um sinal luminoso mostra qual produto e em qual quantidade é colocado sobre qual palete. Para que a mercadoria chegue em condições perfeitas às filias da drogaria dm, ela precisa ser transportada de forma segura. Por isso, as exigências às instalações de embalagem são muito altas. São utilizadas duas máquinas de alto rendimento da linha BEUMER stretch hood. Por hora, são embalados até 90 paletes, porém são projetados para embalar até 100. Por meio de caminhões, as filiais recebem suas mercadorias aprox. 72 horas após pedido.

Cores variadas

As instalações operam sem falhas. A superfície lisa da capa aumenta a visibilidade da mercadoria paletizada e o BEUMER stretch hood oferece uma maior disponibilidade em comparação com enfaixadores e além disso: essas máquinas são mais coloridas que outras máquinas de embalagem convencionais. Por solicitação do cliente, elas foram pintadas em diversas cores. Dessa forma as máquinas harmonizam com as cores do centro de distribuição: amarelo, laranja, verde, azul e violeta. Responsável pelo design não convencional é o escritório STOLLSTEINERart&business. E o conceito por trás da ideia é que as cores devem mostrar aos colaboradores que todas as etapas de trabalho estão conectadas.

Como uma segunda pele

Uma outra solução para proteger os sacos das influências do ambiente é o BEUMER bag-in-bag: essa instalação embala sacos de papel individuais ou agrupados de forma rápida e segura com um filme de plástico resistente às condições climáticas. Dessa forma, durante o armazenamento e o transporte, seu conteúdo fica protegido contra umidade, pó ou insetos.

O provedor de sistemas equipa todas as instalações dessa linha de produtos com a mesma interface homem-máquina (IHM). Com esse aparelho de comando e controle, o colaborador tem à disposição um conceito de interação de fácil entendimento e intuitivo, com o qual é possível estruturar o ciclo de trabalho de forma eficiente.

No final dessa linha de embalagem ainda tem mais: com as soluções de sistema do BEUMER Group, é possível transportar paletes cheios ou também sacos individuais em um armazém fechado ou diretamente sobre a superfície de carregamento de caminhões. Os componentes são, principalmente, tecnologias de transporte como transportadores ou sistemas com base em veículos. Além disso, existem diversas soluções de manuseio e manipuladores como robôs, amortecedores e módulos de armazenamento. O BEUMER Group utiliza sempre componentes modulares. Assim, as soluções podem ser expandidas a qualquer momento, podendo crescer junto com as exigências do cliente.

Software da unidade modular

Para resultados ainda melhores e um rastreamento contínuo de materiais e dados, as instalações de ensacamento, paletização e de embalagem, entre outros componentes do sistema, precisam estar alinhados entre si. Para isso, o BEUMER Group desenvolveu o BG Software Suite como sistema de processamento de dados superior. Ele pode ser adaptado de acordo com a tarefa. Também é possível integrar facilmente produtos de terceiros. Caso necessário, o usuário pode expandir a qualquer momento a solução para otimizar seus fluxos de materiais. Dados de processos ou relatórios são exibidos pela interface de usuário comum BG Fusion. Com ele é possível acessar todos os dados disponíveis - sem ter que trocar entre os diferentes aplicativos.

Com o módulo de sistema de controle de armazém do BEUMER Group, Warehouse Control System, é possível conectar o Software Suite por meio de rede no sistema de gerenciamento de armazém ou na solução ERP do cliente. O provedor completo garante a comunicação entre os diferentes níveis de controle do usuário. Isso permite ao BEUMER Group não somente conectar de forma inteligente os sistemas individuais, mas também de integrá-los aos sistemas de controle de processo e de gerenciamento de mercadorias do cliente.

Sempre online no controle

Um novo desenvolvimento do BEUMER Group é o BEUMER Overall Operation Monitoring App. Com esse aplicativo instalado em aparelhos móveis como Smartphones ou Tablets, o usuário ou a gerência mantém sempre uma visão geral de todos os principais indicadores de toda a linha de embalagem ou dos sistemas individuais. O aplicativo mostra o status atual da disponibilidade, dos graus de rendimento e de qualidade, assim como consumo de energia e de ar comprimido. Assim, uma operação eficiente pode ser garantida a qualquer momento. Os clientes podem adaptar o programa às suas exigências específicas. Para que a cadeia de valores seja organizada e controlada da forma melhor, o objetivo é integrar em uma rede dinâmica horizontal todas as pessoas, instalações, máquinas e produtos envolvidos. Com essa conexão crescente, são geradas estruturas de sistema conectadas, conforme a Indústria 4.0.

 ...
Beumer-PCL Awarded GTAA Baggage 2025 Master Agreement
Aarhus, 31. January 2019

Toronto, Ontario (January 31, 2019)PCL Construction, one of the largest contracting organizations in North America has, in joint venture with BEUMER Group, a global leader in baggage-handling systems, signed a master agreement with the Greater Toronto Airports Authority (GTAA) for Toronto Pearson International Airport’s​ Baggage 2025 initiative.

To accommodate growth and to improve capacity, reliability, and efficiency at the airport, the GTAA is embarking upon an ambitious upgrade to Toronto Pearson’s baggage-handling operations, with a state-of-the-art, automated system.

The master agreement includes several design-build work packages that together will revolutionize the way the airport operates, enhancing the passenger experience and ultimately moving Toronto Pearson closer toward the vision of being the best airport in the world.

“With over a century of helping our partners succeed, our company takes pride in partnering with the best,” said Dave Filipchuk, PCL president and CEO. “Having successfully delivered a number of projects at Toronto Pearson, PCL is excited to continue building our relationship by partnering with Beumer to deliver a best-in-class solution that supports the GTAA in growing Toronto Pearson’s status as an international gateway.”

The modern and fully automated approach that the Beumer-PCL team will deliver is relatively new in North America but has been more broadly implemented in Europe and Asia.

“BEUMER Group values long-term partnerships, and with this contract we are set for a journey that will last for many years with a clear aim to transform Toronto Airport's baggage handling into a leading airport hub operation,” said Dr. Christoph Beumer, chairman and CEO, BEUMER Group. “We have listened to the GTAA's plans and applied our open mind and creativity to lay out the best solution for developing the airport's baggage-handling process for the benefit of their passengers and their staff."

“As Toronto Pearson’s passenger traffic continues to see significant growth, the GTAA recognizes the importance of planning to meet the demands of a future airport that could grow to welcome over 80 million annual passengers in the next twenty years,” said Howard Eng, president and chief executive officer, GTAA. “With the innovative solutions designed by our partners at BEUMER Group and PCL Construction, the airport will be well equipped to provide efficient, resilient baggage service and ready the system for an estimated 80 million pieces of luggage per year by the mid-2030s.”

As part of the master service agreement, the GTAA will implement Beumer’s automated tote-based baggage transport and sortation system, CrisBag®, at Toronto Pearson. With this solution, each item of baggage remains in the same individually controlled tote and is 100% tracked and traceable at every stage of the baggage-handling process, which is key to complying with the Canadian Air Transport Security Authority (CATSA) requirements for US transborder clearance.

Beumer and PCL look forward to working with the GTAA and partners that include Brock Solutions, B+H Architects, Peter Sheffield & Associates, The Mitchell Partnership, and Mulvey & Banani International. Construction on the first four work packages is set to begin at the end of January, with completion scheduled for 2021.

About PCL Construction

PCL is a group of independent construction companies that carries out work across Canada, the United States, the Caribbean, and in Australia. These diverse operations in the civil infrastructure, heavy industrial, and buildings markets are supported by a strategic presence in 31 major centers. Together, these companies have an annual construction volume of $9 billion, making PCL the largest contracting organization in Canada and one of the largest in North America. Watch us build at PCL.com.

About GTAA

The Greater Toronto Airports Authority (GTAA) is the operator of Toronto Pearson International Airport. The GTAA’s vision is to make Toronto Pearson the best airport in the world. Towards this objective, the GTAA focuses on ensuring the safety and security of passengers and airport employees, enhancing the passenger experience and supporting the success of its airline partners. Toronto Pearson is Canada's largest airport and the second-busiest North American international airport.

 ...
Reliable across rough terrain
Beckum, 29. January 2019

BEUMER Group at bauma 2019:

At bauma, which will take place in Munich from 8 to 14 April, BEUMER Group will provide information on their efficient transport solutions for the mining industry, among other areas. Overland conveyors and Pipe Conveyors transport various raw materials over long distances and often through rough terrain. This is generally faster, more cost-efficient and environmentally friendly than trucking. The system supplier also offers comprehensive technology for the cement and building materials industries and is the only supplier to provide complete packaging lines from a single source – from filling and palletising to transport packaging of the pallet.

The overland conveyors and Pipe Conveyors of BEUMER Group can be used by companies in the mining industry to transport various bulk materials, even over long distances and often through rough terrain. High angles of inclination and tight curve radii enable individual routing adapted to the respective task and topography. BEUMER Group relies on camera-equipped drones for the planning, projection, implementation and documentation of these systems. Using special software solutions, the system supplier evaluates the aerial photographs photogrammetrically to generate digital terrain models.

The product range of the system supplier includes stackers and bridge reclaimers for storage yards, whether with or without blending bed systems. These stack bulk material and guarantee a maximum blending effect. Users can also efficiently homogenise large quantities of different bulk materials and bulk material qualities and thus ensure the uniformity of the raw materials used. For efficient loading, BEUMER Group supplies ship loaders with fixed booms and extendable telescopic belt conveyors, as well as bulk loading heads, which are used to load bulk materials into silo vehicles quickly and without dust.

BEUMER Group will present economic solutions for companies from both the cement and building materials industries at the trade fair. In cement plants, clinker with temperatures of 500 to 800 degrees is transported from the kiln cooling system to the silos. With its belt apron conveyors, BEUMER Group offers robust solutions for efficient transport. A belt instead of a chain as the traction element allows higher speeds and a slimmer design while still delivering the same level of performance. These conveyors are therefore particularly suitable for modernisations.

When it comes to filling, palletising and packaging cement, BEUMER Group offers complete packaging lines from a single source - a unique selling point in this industry. The system supplier offers the BEUMER fillpac filling machine for different requirements in various versions. The unique feature of this filling technology is that it can handle a wide range of materials, from very fine to coarse structures. In addition, various palletising solutions and a high-performance packaging system with sophisticated features are available.

Against the background of the global climate debate, the use of so-called alternative fuels and raw materials (AFR) in the energy-intensive cement production is steadily increasing. BEUMER Group offers tailor-made systems for the entire material flow chain in cement plants - from receiving and unloading the delivery vehicle to storing, sampling, conveying and dosing the solid alternative fuels.

BEUMER at bauma: hall B2, booth 413

 ...
Secure packaging
Beckum, 23. January 2019

BEUMER Group at POWTECH 2019:

BEUMER Group will exhibit its expertise as a system provider for complete high-capacity packaging lines at POWTECH 2019 in Nuremberg from April 9 – 11, hall 1, booth 627. BEUMER Group optimizes the performance of each machine, its components and the high-level controls to ensure high throughput of the lines for (petro)chemical products and building materials.

The behaviour of powders and bulk material can change entirely according to operating conditions, handling methods and the intended use, whether it is for (petro)chemical products or building materials. This impacts the flow behaviour, which has a considerable influence on how to optimally design the conveying, filling, palletising and packaging systems. BEUMER Group designs, constructs and installs systems that are tailored in detail to industry-specific requirements.

The BEUMER fillpac R filling machine fills bulk material from the building materials industry and other industrial pulverized goods into different bag sizes and types like valve bottom and flat valve bags in an efficient and gentle way and with the required throughput. The structure of the materials can be very fine to very coarse. The BEUMER bag placer and the ream magazine supply the rotary filling machine with empty bags to ensure the high throughput. The highly efficient form fill seal system BEUMER fillpac FFS is used in the chemical and petrochemical industries. It forms bags from a prefabricated tubular PE film and fills them with the product. The customers can select the optimal machine performance class from this product family depending on their requirements.

BEUMER Group offers different palletising solutions, depending on the packaged items. The BEUMER paletpac is suited best for bulk material. It is incorporated into high-performance packaging lines to process even sensitive and valuable products as well as products with special flow characteristics in a gentle and efficient manner. Depending on the product requirements, these palletisers can be equipped with a clamp-type or twin-belt turning device which turns the filled bags quickly into the required position for stacking, ensuring their dimensional stability without any deformations.

Products for the (petro)chemical industries are filled in special bags, barrels, canisters, cartons or buckets. To palletise them, BEUMER Group offers its space-saving articulated robot, the BEUMER robotpac. Depending on the packaged items, BEUMER Group equips the robot with the appropriate gripping tools which can be easily and automatically changed, if the packaged items change. The fork gripper for example was designed specifically for palletising cardboard boxes, the finger gripper for bagged goods. For maximum performance, BEUMER Group offers a double gripper for both types. They also offer parallel grippers for dimensionally stable packed items, suction grippers for items with a smooth surface and many other special grippers and combination tools.

Packaged items stacked accurately on pallets can then be transported successfully to the downstream packaging system – for example, the BEUMER stretch hood. It covers the palletised goods with a highly stretchable film. During transshipment and outside storage, the merchandise is protected reliably against environmental influences such as sunlight, dirt and humidity.

BEUMER at the POWTECH 2019, hall 1, booth 627

 ...
BEUMER lands $33 million contract at Aruba’s Queen Beatrix International Airport
Aarhus, 08. January 2019

BEUMER Group has signed an agreement with Aruba Airport Authority N.V. for the design and installation of a $33 million, high-speed baggage transportation and sortation system at Aruba’s Queen Beatrix International Airport. The installation, which also includes BEUMER’s residential program for on-site operation and maintenance, is part of the airport’s Gateway 2030 expansion and modernisation program.

The baggage handling system (BHS) features a tote-based CrisBag® high speed baggage transportation and sortation system, with integration to a full TSA-compliant EDS screening system with in-tote screening functionality, and a Baggage Image Weight Identification System (BIWIS) to streamline the airport’s U.S. pre-clearance process.

The new system will eliminate the requirement to reclaim checked luggage and undergo a second passenger screening process which presently is in place for U.S. travellers. Additionally, the new system will allow U.S and non-U.S. bound flights to operate from a common-use check-in facility. Aruba Airport handles approximately 2.8 million passengers annually, with 67 percent coming from the United States.

The Aruba Airport project is the first airport in the Caribbean and Latin America to showcase BEUMER Group’s integrated ICS system (CrisBag) and bag storage system (CrisStore) to handle the peak flight demands of the airport, according to BEUMER Senior Vice President Barry Lagerstedt.

“The application of U.S. Customs Pre-Clearance as well as the interface with TSA-compliant protocol baggage screening is a perfect application for our integrated CrisBag baggage handling and storage solution and provides the highest reliability and security of any system available,” BEUMER Senior Vice President Barry Lagerstedt said. “Our team has worked very closely with the Aruba Airport programme team to verify system capabilities, operational benefits and future capabilities. We are proud to design a scalable and redundant tote-based system, and we look forward to a successful long-term relationship with Aruba Airport."

The final design of BEUMER’s tote-based CrisBag system will be carried out in collaboration with the airport’s main terminal designer, NACO, and program management consultant Satterfield & Pontikes to ensure that the baggage handling system and the building are properly integrated and that the new system is designed and built with the optimal efficiency.

“We are very pleased to have crossed this important milestone,” said Aruba Airport Authority N.V. CEO James Fazio. “The new baggage handling system is the centerpiece of the airport’s redevelopment project and will allow for the modernisation and streamlining of many of our passenger processes, most notably, a significantly more efficient U.S. Customs pre-clearance operation, improved baggage screening, and a more efficient use of the airport check-in hall capacity. We are very pleased to be partnering with BEUMER Group on this important system and look forward to working on transforming our airport in the upcoming years.”

Installation will begin in Q3 of 2020, with completion expected in Q2 of 2021 in coordination with the opening of the Gateway 2030 project construction phase 1.

 ...
"Nós temos todas as chances do mundo"
Beckum, 22. November 2018

Entrevista com Johannes Stemmer, Diretor do departamento de transformação digital do BEUMER Group

A transformação digital é inevitável. Indústria, economia e sociedade encontram-se no meio dela. Como um construtor de máquinas de porte médio e líder mundial de soluções de sistemas de intralogística encara essas mudanças e obtém o melhor aproveitamento dela? Johannes Stemmer, Diretor do departamento de transformação digital do BEUMER Group responde essas perguntas.

Senhor Stemmer, o que significa transformação digital para a sua empresa?

Stemmer: Resumindo, trata-se de assegurar nossa sustentabilidade futura. Combinamos 80 anos de experiência, que nos tornaram um dos líderes de provedores de sistemas de intralogística, com inovações impulsionadas pelos desafios atuais da digitalização.

O que é importante para que a transformação digital tenha sucesso?

Stemmer: A transformação digital não está presente somente em nossa vida profissional, mas também na vida privada. Hoje, quase todos possuem um Smartphone, provedores de serviços de Streaming estão conquistando o mundo e plataformas digitais crescem cada dia mais. Muitas empresas que são ativas nessa área não possuem relação com modelos de negócios padrão existentes anteriormente. Desde o começo de agosto, a Apple se tornou a primeira empresa mundial avaliada em mais de um bilhão de dólares americanos. Isso é mais que as 15 maiores empresas Dax juntas. A mudança para dispositivos móveis também afeta o comportamento de compra da sociedade. O comércio online cresce continuamente e prevemos um crescimento anual de dois dígitos. Para o BEUMER Group, essa é uma área de negócios muito importante. Nós precisamos de uma adaptação rápida e ágil das novas tecnologias.

Um outro tema importante, que precisamos abordar de forma intensiva, é em relação aos direitos autorais. Nós podemos patentear uma inovação técnica clássica, porém no caso de software isso é muito mais difícil e patentear modelos de negócios é praticamente impossível. Os dados são cada cada vez mais importantes para as inovações digitais e seu valor para a indústria é muitas vezes subestimado. Os dados e o aumento da eficiência resultante geram vantagens para clientes e empresas e seu uso pode ser transferido a novos modelos de negócio. Nesse contexto estamos atrasados em relação a outros países e precisaríamos repensar nossa estratégia.

Onde se encontra a Alemanha nesse processo?

Stemmer: Eu acredito que empresas alemãs estão muito melhor posicionadas do que muitas vezes é informado pela imprensa. Nós temos muitos "Hidden Champions", que são líderes globais com seus produtos e sistemas. Essa é uma posição de partida muito boa para adquirir a competência digital necessária para garantir a sustentabilidade futura. Eu acredito que para uma empresa seja mais fácil adaptar as tecnologias de digitalização ao invés de tentar compensar a vantagem do Know-how no setor de fabricação por meio de software.

O objetivo é complementar a competência das máquinas e instalações, inclusive software e controles necessários, com a inovação digital. Principalmente no ambiente industrial B2B temos todas as chances do mundo de nos tornarmos líderes.

A expressão "transformação digital" já indica que se trata de uma mudança significativa. Como isso influencia o mundo corporativo e as pessoas, quais desafios elas terão que enfrentar?

Stemmer: O mais importante é incluir as pessoas, com uma velocidade aceitável. Em nossa empresa temos diversos especialistas. Alguns colegas se ocupam diariamente com inovações e software, enquanto que outras áreas quase não são afetadas. Importante é sensibilizar todo o pessoal sobre esse tema. A transformação digital é inevitável e irá modificar nosso ambiente corporativo. Porém não devemos entrar em pânico, mas devemos agir de forma rápida e consequente.

O que seria essa sensibilização?

Stemmer: Um exemplo significativo são os serviços de Streaming. Todos conhecem Spotify, Apple Music ou Netflix. O que é novo é que agora precisamos ver essas empresas como concorrentes. Mesmo que elas não ofereçam produtos clássicos da área da intralogística, os serviços de Streaming modificaram os mecanismos do mercado. Nossos sistemas de classificação eram utilizados na indústria musical para a distribuição e classificação de CDs. Em poucos meses o mercado foi comprometido já que, devido aos provedores de Streaming, quase ninguém mais comprou discos em lojas físicas. Com esses modelos de negócios, esses serviços contribuíram para derrubar um dos segmentos de mercado nos quais somos ativos em um curto espaço de tempo. Isso pode acontecer em diversos outros setores.

Como os colaboradores estão reagindo?

Stemmer: Eles percebem que muitas coisas estão acontecendo atualmente. Mas também percebem as oportunidades que nos são oferecidas se reagirmos de forma rápida e eficiente. Nós só não podemos ignorar as mudanças. O DNA da BEUMER é a construção de instalações. No passado, nos concentramos principalmente em produtos físicos e sua automação, como sistemas de embalagem, sorters ou transportadores de correia. Essa é a nossa especialidade. Porém, no decorrer dos últimos anos o tema software ganhou cada vez mais importância e atualmente temos mais de 200 engenheiros de software em nosso grupo. Essa tendência continuará crescendo.

Como será feita essa transformação, em várias etapas?

Stemmer: Seria ingenuidade acreditar que essa transformação vai ocorrer da noite para o dia. Isso é um processo de muitos anos: nós precisamos preparar nossa empresa para a digitalização e entusiasmar os colaboradores para isso. Para isso, criamos diversos projetos piloto que buscam soluções concretas para problemas de clientes, aprimoram nossos processos e buscam novos modelos de negócios com ajuda da digitalização. Dependendo se obtemos êxito na fase piloto, os conhecimentos adquiridos nessa fase são integrados e desenvolvidos em nossos processos, produtos e serviços.

O BEUMER Group quer impulsionar a transformação digital através de duas novas empresas. Como são essas novas equipes e qual a sua função?

Stemmer: Nós fundamos a BG.evolution na Universidade de Dortmund e ela tem como objetivo trazer inovações digitais de fora para dentro da empresa. Ou seja: colegas trabalham em um problema de um cliente e desenvolvem os chamados Minimum Viable Products, ou seja, protótipos minimamente equipados e verificam, caso aplicável, desde seu potencial até sua eventual introdução no mercado." Dessa forma podemos decidir relativamente rápido se a tecnologia é adequada para solucionar um problema concreto do cliente ou não. Por exemplo a utilização de óculos Smart Glasses: na obra os colegas necessitam as vezes suporte de colaboradores de outros departamentos na matriz, como no caso de padrões de erros ou manutenção. Através da nova tecnologia, nossos técnicos de serviço, ou o próprio cliente, pode prestar um suporte melhor. Para isso testamos óculos de vídeo As vantagens: as mãos do colega ficam livres e é possível uma comunicação entre todos os envolvidos. Ou seja, o objetivo da BG.evolution é validar novas tecnologias em aplicações específicas junto com os clientes.

A segunda empresa é a Beam GmbH em Berlim. Aqui trata-se de um "Company Builder" autônomo, que tem como objetivo solucionar problemas de logística especiais em cooperação com equipes de Start-ups. Para isso queremos fundar três start-ups por ano e transferí-las, consolidadas sob a Beam, para uma empresa separada. Nosso objetivo é desenvolver novas áreas de negócios de logística. Um exemplo: em aeroportos, a cadeia de logística da BEUMER termina com a retirada da bagagem. Seria possível, como parte do programas de milhas ou em caso de viagens de negócio, levar a bagagem até o hotel. Essa não é a principal competência do BEUMER Group, mas uma área de negócios promissora. Uma empresa nova poderia assumir esse desafio e desenvolver uma solução por conta própria. Nosso objetivo seria então estabelecê-la com sucesso no mercado. Ao contrário de Dortmund, em Berlim queremos apresentar os problemas aos empreendedores e entusiasmá-los para desenvolver uma solução. Nós oferecemos um financiamento inicial, assim como acesso a nossos especialistas e clientes. Com a gente eles tem a oportunidade de fundar sua própria empresa.

Como você conhece esses empreendedores?

Stemmer: Nós iniciamos esse processo há aproximadamente um ano na Factory Berlin, que é o maior campus de Start-ups da Alemanha. Há muitos talentos entre os 1.500 a 2.000 empreendedores presentes. Nosso diretor, Robert Bach, também é um empreendedor experiente. Em Berlim estamos no meio da cena de start-ups e podemos nos beneficiar de eventos, fazer apresentações e organizar eventos offline para chamar a atenção das pessoas. Logicamente, isso nos proporciona fazer uma boa propaganda para nós: Quem é o BEUMER Group? Quais são seus objetivos? Quem procuramos e o que oferecemos a esses empreendedores? É uma plataforma ideal para mostrar presença e criar uma rede de contatos.

Quem são os colaboradores do BEUMER Group em Dortmund e Berlim?

Stemmer: A equipe em Dortmund é dirigida pelo colega Christopher Kirsch. Ele é um especialista de TI e trabalhou por muitos anos em institutos de desenvolvimento e projetos industriais. Com Dortmund queríamos trazer mais competência em Software e técnica de sensores para a empresa. Estamos constantemente na busca por talentos nas áreas de Internet of Things (IoT), técnica de sensores, Full Stack Development ou UX Design. Essas designações de cargos são relativamente novas para colaboradores das áreas de construção e máquinas. E para mencionar novamente os óculos de dados: Aqui nós não precisamos somente do Hardware em forma de óculos de dados, mas de uma conexão e integração em nosso ambiente de ferramentas BEUMER existente. É claro que também necessitamos de pessoas que conhecem muito bem as condições exatas na obra e os erros típicos para prestarmos um serviço melhor através dos óculos de dados. Por isso, a empresa em Dortmund trabalha em estreita colaboração com colegas e clientes na matriz, enquanto que em Berlim há mais autonomia.

Senhor Stemmer, quais são as suas funções?

Stemmer: Minha tarefa é criar pontes entre as empresas BG.evolution em Dortmund, a Beam em Berlim e o BEUMER Group. Eu sou responsável por diversos processos de digitalização, assim como pela direção da BG.evolution. Eu crio a interface entre os colegas em Dortmund, Berlim e as empresas do BEUMER Group e promovo e suporto um intercâmbio ativo entre elas. Além disso sou responsável por sensibilizar os colegas pelo tema, o que é uma parte importante do meu trabalho. Pois quando o tema é transformação digital, a comunicação é o elemento mais importante.

Como funciona a colaboração com a matriz em Beckum?

Stemmer: A princípio muito boa, mas aqui também aprendemos diariamente coisas novas e experimentamos novos formatos de colaboração. Entre outros, organizamos diversas vezes no ano nas filiais dos EUA, Dinamarca e na matriz em Beckum os chamados "Pitch-Days". Neles encorajamos nossos colegas a participarem ativamente com ideias e desafios da sua rotina de trabalho. Esses encontros são feitos de maneira informal na cantina da empresa. Dessa forma queremos criar ideias que podemos encaminhar internamente para Dortmund ou Berlim e integrar os colegas e aqueles que deram as ideias no processo de validação.

Além disso, o BEUMER Group possui diferentes áreas de negócios como o Centro de Competência (CoC) de Logística ou o CoC de Aeroportos. Aqui participamos de reuniões centrais para discutirmos nossos temas, descobrir novos problemas e desafios e garantir um intercâmbio regular. Em diferentes eventos locais tentamos informar os colaboradores de forma transparente e abrangente. Essas reuniões são um elemento de extrema importância. Já que há um interesse legítimo em saber o que nós fazemos e porque. Diariamente aprendemos quais formatos funcionam e quais não. Para projetos específicos, oferecemos a colegas de Beckum a oportunidade de ir para Dortmund ou Berlim.

 ...
BEUMER Group automated parcel sorter goes live at Whistl’s super depot in Bolton, UK
Aarhus, 13. November 2018

BEUMER Group, a leading global supplier of automated parcel and post distribution systems, announces the live operation of an automated sortation system installed in Whistl's new super depot in Bolton, UK.

The automated cross-belt loop sorter will ensure faster sortation with greater capacity for e-commerce packets and parcels (cardboard boxes, jiffy bags, poly-wraps) up to the medium size. Cost-effective sortation combined with reduced levels of energy consumption enhance Whistl's commitment to considering the environment, in addition to the competitive and economic factors of each procurement decision.

As the UK’s second largest postal operator, Whistl contracted BEUMER to install the automated sorter in the new super depot. The depot operates as the designated hub for Whistl's sortation operations in the North West of the UK, which is one of the UK’s leading logistics and distribution areas.

Designed to enable Whistl to achieve further expansion to support the soaring e-commerce market, the ergonomic design of the sorter’s man/machine interface also supports Whistl’s drive to provide a clean, safe and secure work environment. In addition to the overall design of the sorter, BEUMER Group tested the interface to ensure that operators would experience minimal twisting and turning and no repetitive stress.

Whistl’s CEO, Nick Wells, CEO explains "The meticulous design of BEUMER Group's sortation system enables Whistl to achieve greater efficiency in the processing of packets and parcels. This is an essential part of Whistl’s growth strategy in responding to the continued growth in the e-commerce market.”

 ...
Através de natureza intocada e zonas habitadas
Beckum, 12. November 2018

Na província de Sichuan, China, a Asia Cement Group aposta no transportador de correia côncava de 13,7 quilômetros do BEUMER Group:

O que começou em 2009 com o maior sistema de transporte com correia da história da BEUMER foi superado em 2016: para transportar calcário da pedreira para o silo, a empresa Sichuan Yadong Cement Co. Ltd. aposta há anos em um transportador de correia de longa distância de 12,5 quilômetros do BEUMER Group para a sua fábrica nas proximidades de Penzhou, na província chinesa de Sichuan. O transportador de correia côncava passa por terrenos montanhosos e áreas de proteção ambiental, cursos d'água e subsolos instáveis. O segundo projeto compreende mais dois transportadores de correia de longa distância, desta vez com um comprimento total de 13,7 quilômetros. Eles transportam o calcário até a fábrica de cimento. Diferente do primeiro projeto, desta vez a tarefa foi instalar o transportador em zona habitada. O nível de emissões de ruídos determinado pelo governo chinês não podia ser ultrapassado.

Há um proverbio chinês que diz que os caminhos em Sichuan são tão difíceis quanto o caminho para o céu. Dependendo do objetivo, pode ser necessário cruzar rios e montanhas altas, assim como vales profundos. A província chinesa de Sichuan, localizada no sudoeste do país, possui os maiores depósitos de diferentes minérios do país, como titânio, lítio e prata e uma região é economicamente muito importante. Além disso, setores da indústria eletrônica, engenharia mecânica, metalúrgica, química, ciências médicas, alimentícia e de materiais de construção são os pilares da economia. Um dos fabricantes de cimento do país é a Sichuan Yadong Cement Co., Ltd. localizada próximo de Chengdu, capital da província de Sichuan. A empresa é membro do Asia Cement Group com sede em Taipeh, Taiwan.

No ano de 2004, o grupo empresarial decidiu construir uma nova fábrica de cimento em Sichuan. Durante a fase de desenvolvimento, o Asia Cement Group obteve do governo chinês a autorização para utilizar uma ferrovia desativada para transportar o calcário. Porém, na metade da obra, o governo decidiu construir uma nova represa. O terreno previsto para o transporte seria inundado, o que fez com que as condições do projeto se modificassem completamente: ruas foram inundadas e os caminhões teriam que fazer desvios consideráveis. Além disso, o Asia Cement Group planejava instalar duas linhas de forno adicionais. A melhor alternativa, em termos de tempo e custos, era a instalação de um transportador de correia côncava curvilíneo horizontal e vertical. Para isso, a empresa procurou o BEUMER Group. Há anos a Asia Cement confia na competência do provedor de sistemas e possui, entre outros, alguns elevadores de caçambas em operação.

Saber o que o cliente quer

O BEUMER Group assumiu a engenharia mecânica e elétrica e forneceu os componentes principais do transportador de correia de longa distância, supervisionou a montagem e colocou a instalação em serviço. Uma vantagem foi a proximidade da filial BEUMER Machinery Shanghai, que poderia rapidamente estar presente no cliente. "Nossos colegas mantiveram um contato estreito com o cliente. Além disso, eles conhecem as particularidades do país, dominam o idioma e conhecem o mercado e as exigências do cliente", explica o Dr. Andreas Echelmeyer, que gerencia a área de Conveying and Loading Systems no BEUMER Group.

Em maio de 2006, a Asia Cement Group concedeu o contrato para o sistema de 12,5 quilômetros. O transportador de correia de longa distância alcança uma capacidade volumétrica de 1.500 toneladas por hora e uma velocidade de transporte de quatro metros por segundo. "Em comparação com outras soluções de transporte, os transportadores de correia côncava são os mais adequados para altos rendimentos". Além disso, é possível realizar raios de curva horizontais e verticais", explica o Dr. Andreas Echelmeyer. Eles podem ser adaptados a cada função e topografia. Com ajuda de programas de cálculos desenvolvidos internamente, durante a fase de projeto da instalação já é possível determinar exatamente as forças de tensão estáticas e dinâmicas da correia. Isso é o requisito básico para um dimensionamento seguro das curvas horizontais. Além disso, com base nesses cálculos, são selecionadas as correias transportadoras e a técnica de acionamento. Isso garante uma operação segura constante da instalação completa.

Montanhas, solos instáveis e altura extremas

O terreno a ser superado é montanhoso e coberto por florestas densas de bambu, das quais uma grande parte é área de proteção ambiental. Por isso, o governo não autorizou uma rota de serviço, nem o desmatamento. O subsolo também foi um desafio para os engenheiros do BEUMER Group: "Devido à extração de carvão no passado, o solo se tornou instável. Em outras áreas, o solo é de granito e só pôde ser parcialmente removido", explica o Dr.Andreas Echelmeyer. Além disso, um trecho de 1,5 quilômetros era sobre um rio. A consequência dessas condições foi que 90 por cento da instalação teve que ser montada manualmente no local. Como o transporte por caminhões era praticamente impossível, ela foi transportada aos poucos por meio de mulas até o local de montagem.

O BEUMER Group e o fabricante de cimento definiram juntos o percurso do transportador de correia de longa distância. O provedor de sistemas calculou as forças de tensão da correia considerando oito curvas horizontais, com raios de aproximadamente 1.000 a 5.000 metros. A viabilidade do percurso determinado foi verificado diretamente no local. Para isso, os colaboradores percorriam a pé todo o terreno acidentado, para inspecionar os locais determinados quanto sua aptidão para os 460 suportes. O percurso do transportador foi desenvolvido de forma que fosse adequado à topografia existente, desde que tecnicamente possível. Como era necessário superar diferenças de altura de até 100 metros em distâncias curtas, alguns trechos foram equipados com pontes de até 55 metros. Um trecho parcial foi realizado com um túnel de 130 metros.

Em trabalho conjunto estreito com o cliente, o BEUMER Group assumiu a construção do transportador de correia de longa distância e das pontes. O provedor de sistemas desenvolveu, construiu e forneceu as peças fundamentais para as estações de acionamento e de esticamento, assim como a correia com um comprimento total de 25 quilômetros, os rolos de carga e a técnica de acionamento. Desde fevereiro de 2009 o transportador de correia de longa distância transporta materiais a granel da pedreira até o sistema de carregamento a granel. Desde a colocação em serviço do primeiro trecho, a capacidade volumétrica do transportador foi aumentada em dois níveis. Atualmente, o sistema transporta uma capacidade volumétrica de 2.200 toneladas por hora com uma velocidade de transporte de 4,5 metros por segundo.

O maior transportador de correia da história da empresa

Em julho de 2013, a Asia Cement Group contratou novamente o BEUMER Group: desta vez o transporte de calcário do sistema de carregamento a granel para fábrica de cimento não deveria ser feito por caminhões, mas através de um novo transportador de correia de longa distância eficiente. Para cobrir a necessidade da fábrica, foi necessária uma capacidade volumétrica de 2.200 toneladas de calcário por hora. Para a execução desse projeto, o primeiro transportador deveria ser adaptado a essa condição. "Nós planejamos um segundo transportador de correia côncava com um comprimento total de 13,7 quilômetros", explica com entusiasmo o Dr. Andreas Echelmeyer. Com esse comprimento, a instalação entrou para a história do provedor de sistemas.

Projetos com essa dimensão possuem muitos aspectos imprevisíveis. Aqui, os engenheiros tiveram que ser flexíveis. Durante a fase de planejamento, o fabricante de cimento comprou uma nova fábrica na cidade de Lanfeng, aproximadamente dez quilômetros de distância. "Foi necessário dimensionar a instalação de tal forma que ela oferecesse a possibilidade de abastecer ambas as fábricas com calcário", explica o Dr. Andreas Echelmeyer. Para a equipe, isso significou dividir o transportador de correia de longa distância em dois. Após o comprimento de 5,4 quilômetros, é possível carregar o transportador adicional para Lanfeng. Em fevereiro de 2015, o provedor de sistemas iniciou a montagem da estrutura do transportador.

Ambas as partes do transportador de correia de longa distância possuem quatro curvas horizontais com raios de 1.200, 1.500 e 1.800 metros. "Nós fornecemos a engenharia, assim como componentes como tambores, motores, técnicas de acionamento e de comando e toda a parte de automação", descreve o Dr. Andreas Echelmeyer. A montagem ocorreu sob coordenação de um supervisor de montagem do BEUMER Group e um engenheiro elétrico da BEUMER prestou suporte durante o cabeamento da instalação. A colocação em serviço em maio de 2016 foi feita pelo provedor de sistemas. O transportador de correia côncava abastece atualmente três linhas de forno e uma quarta está em planejamento.

Alcançar o objetivo em silêncio e não sobre terreno acidentado

As diferenças das exigências de ambos os projetos foram: enquanto que no primeiro contrato os desafios foram os terrenos montanhosos, subsolo instável, transporte sobre áreas de preservação ambiental e cursos d'água, no segundo projeto o BEUMER Group precisou construir em zonas habitadas. Diretrizes exatas do governo chinês determinavam os níveis de emissões de ruídos para a instalação para garantir que os habitantes da região não fossem perturbados. "Nós tivemos que manter o nível de ruído extremamente baixo", descreve o Dr. Andreas Echelmeyer. Para reduzir a emissão de ruídos para os moradores da região, o fornecedor de sistemas definiu diferentes medidas construtivas. "Entre outros, utilizamos rolos de carga com redução de ruídos, assim como capas de proteção dimensionadas para as estações de acionamento", explica o Dr. Andreas Echelmeyer. Para isso, a equipe do BEUMER Group otimizou junto com o operador, além estrutura do transportador, toda a estrutura suporte da correia fechada.

Com esse projeto, o BEUMER Group pôde garantir um transporte seguro e silencioso de calcário, sem perturbar as pessoas e a natureza.

 ...
BEUMER Group obtém contrato para um transportador de correia de longa distância destinado à fábrica da Knight Hawk Coal em Illinois, EUA
Beckum, 05. September 2018

Sistema de transporte contínuo de 6,5 km de comprimento para a mina Prairie Eagle

A BEUMER Corporation, uma filial do BEUMER Group nos EUA, obteve um contrato para construir, fornecer e montar um transportador de correia de longa distância de aprox. 6,5 km de comprimento para a mina Prairie Eagle da Knight Hawk Coal em Illinois, EUA.

O projeto Knight Hawk é um ganho estratégico para a BEUMER, que permitirá à empresa expandir sua posição de mercado no setor de mineração de acordo com a declaração de Brad Williams, vice-presidente de Vendas e Desenvolvimento de negócios na área de Conveying & Loading da BEUMER, com sede em Kansas City, EUA.

"Já temos uma grande experiência no manuseio do carvão e seus resíduos no setor de energia, mas com este projeto temos a oportunidade de trabalhar diretamente no setor de mineração, o que nos deixa muito satisfeitos", explica Williams.

O transportador de correia côncava curvilíneo transportará o carvão a partir do novo acesso da mina subterrânea de Knight Hawk até a estação principal de tratamento de Prairie Eagle. Com o transportador de correia de longa distância, a Knight Hawk poderá fechar uma parte da mina subterrânea e transportar o carvão até a superfície na proximidade dos trabalhos de mineração atuais. O comissionamento do novo sistema de transporte está previsto para abril de 2019.

"Do ponto de vista tecnológico, este projeto vem em um momento propício para a BEUMER, pois será o terceiro transportador de correia côncava de longa distância que instalaremos na América do Norte nos últimos cinco anos", diz Williams. "Nossa tecnologia de transportadores curvilíneos possibilita a construção de um sistema de transporte contínuo com custos de montagem e operação menores que os de um sistema de transporte convencional, oferecendo à Knight Hawk vantagens econômicas e ambientais duradouras em comparação com o transporte por caminhão."

"A consulta feita na licitação original envolveu quatro transportadores retos que teriam exigido três torres de transferência", explica Williams. A proposta bem-sucedida da BEUMER contém um sistema de transporte curvilíneo contínuo que elimina os custos com as torres de transferência e que apresenta uma quantidade extremamente reduzida de componentes e peças de reposição. O sistema diminui a incidência de pó, ruídos, custos de manutenção e operação associados aos pontos de transferência, e oferece uma disponibilidade de 98% em comparação com a disponibilidade de aprox. 92% de quatro transportadores em série.

Prairie Eagle é a maior mina de carvão da Knight Hawk. Aqui são processados e fornecidos mais de 80% dos cinco milhões de toneladas de carvão que a empresa produz anualmente. Inaugurada em 2005 em Illinois para a mineração em céu aberto, a mina foi expandida posteriormente com duas minas subterrâneas, com o sistema principal de preparação do carvão da Knight Hawk e com diversas instalação para o carregamento de caminhões. A Prairie Eagle é largamente conhecida como uma das minas subterrâneas mais eficientes dos EUA.

 ...
Nós mantemos sua instalação operando
Beckum, 29. August 2018

O gerenciamento de disponibilidade do BEUMER Group garante um funcionamento contínuo dos sistemas.

Empresas estão sempre desenvolvendo e implementando inovações. Com isso, o ciclo de vida útil de cada produto e linhas de produtos é reduzido. Além disso, a evolução do mercado pode tornar necessária a instalação de novos componentes desenvolvidos em sistemas existentes. Com isso, fabricantes precisam muitas vezes descontinuar componentes ou tecnologias. Para estes casos, o BEUMER Group oferece para seus clientes diversos pacotes de soluções, para que suas instalações continuem operando sem interrupções.

Um exemplo típico é o desenvolvimento de motores com maior eficiência energética. Normalmente, após introdução no mercado, o fabricante descontinua gerações anteriores de um produto e suas peças de reposição não podem mais ser encontradas para aquisição. Porém, os novos acionamentos, muitas vezes não são compatíveis com modelos anteriores - eles possuem, por exemplo, um comportamento de partida diferente. Para estes casos, o Suporte ao Cliente do BEUMER Group presta assistência a seus clientes através de medidas de engenharia e de assistência técnica direcionada. Estas podem ser bem planejadas e evitam paradas da instalação. Assim, instalações mais antigas de clientes do BEUMER Group podem continuar em operação por muitos anos.

Disponibilidade suficiente para longo tempo de funcionamento

Uma destas medidas é a campanha "Last-Buy": "Antes da descontinuação de um produto, nossos clientes fazem a aquisição de diversos componentes originais ou similares, para que seja possível operar sua instalação no futuro", explica Guido Hesse, diretor de Suporte ao Cliente em Beckum. "Nós garantimos uma solução operacional constante, de acordo com o lema: We keep you running - Nós mantemos sua instalação operando."

Outra solução para os clientes são componentes similares, disponibilizados pelo provedor de sistemas. Engenharia e assistência técnica trabalham juntos: Os especialistas identificam e testam os componentes e os disponibilizam em tempo hábil. Desta forma, o BEUMER Group garante aos usuários uma continuação segura da operação de sua instalação, mesmo em caso de descontinuação de componentes antigos. Com este conceito sofisticado, o provedor de soluções oferece ajuda, mesmo em situações difíceis, para manter a disponibilidade dos sistemas.

Caso uma nova geração de componentes seja lançada no mercado, as vezes também é necessário adaptar o controle do sistema. Neste caso, é necessária uma nova colocação em serviço. E, para estes casos, o BEUMER Group também presta suporte.

Sistemas que duram (quase) uma eternidade

Recentemente, executamos uma aplicação interessante em um aeroporto alemão: O sistema de transporte de bagagens BEUMER instalado lá tem mais de 20 anos. Sua tecnologia de controle foi escrita em uma linguagem de programação que não corresponde hoje à tecnologia de ponta. Quando o aeroporto decidiu, com ajuda do Suporte ao Cliente do BEUMER Group, utilizar por mais cinco anos a tecnologia existente, foi um desafio para o provedor de sistemas encontrar um especialista que dominasse a linguagem de programação antiga. Mesmo essa tarefa pôde ser solucionada rapidamente. "Rapidamente, nós encontramos para nosso cliente um colega já aposentado e ainda motivado que realizou essa reprogramação" recorda-se Guido Hesse. "Desta forma, todos ficaram satisfeitos."

 ...
BEUMER Group hands-over new baggage handling system at Paris - Charles de Gaulle Airport
Aarhus, 21. August 2018

BEUMER Group - a leading global supplier of automated baggage handling systems - announces that the new Baggage Handling System (BHS) at Paris - Charles de Gaulle Airport has been handed over to the airport operators, Groupe ADP.

The new CrisBag® tote-based BHS will provide 100% tracking of baggage as it is checked-in at the Airport's Terminal 2E and transported via a 500-meter tunnel to the Satellite 3 (S3) Terminal. The CrisBag system will also provide the speed and capacity to meet the demands of the large-capacity airliners, such as the Airbus A380, which are served by the S3 Satellite.

“BEUMER Group is a long-term partner of Groupe ADP, which is why we were entrusted with the update to the baggage handling system and the integration of the airport’s first ECAC Standard 3 screening system,” explains Klaus Schäfer, Managing Director, BEUMER Group A/S.

With its high redundancy, the CrisBag system will ensure high availability and enable the airport to offer passengers greater flexibility at check-in. The high-speed transportation of baggage from check-in to S3 will allow very short transport time, less than 20 minutes including ECAC Standard 3 screening.

Groupe ADP chose the CrisBag tote-based system for its high reliability which offers the optimum solution for this type of tunnel-based transport. The system consists of more than 2500 CrisBag modules and has a capacity of 3200 bags per hour.

“The technical performance of the system was demonstrated during 2 months of intensive tests involving carrying test luggage and ensuring integrity from a safety point of view, while working around the need to keep the terminal in operation”, explains Nadine Vennat, Groupe ADP Project Director.

She continues, “The BEUMER Group and Alstef teams provided Groupe ADP with operational support during the first 4 weeks of ramp-up operations to help Groupe ADP teams take control of the system. As a first step, ORAT tests were organised to validate the operational processes. Then the system was put into service progressively, check-in group by check-in group, with technical support from BEUMER Group to pilot the supervision station.

“This transitional phase was the key to a smooth start-up. The proximity of the BEUMER Group teams helped to quickly instill confidence and helped us make the decision to use the TDS3 BHS for full operation only 2 months after initial hand-over, at the beginning of summer 2018.”

The combination of high-level controls for the baggage handling system, with SAC and SCADA systems, and the low-level controls, will provide Paris - Charles de Gaulle Airport with comprehensive management of the entire baggage handling system process. The high-level controls also feature a web-based user interface to enable remote control of the baggage handling system from a tablet device. In addition, the integration of RFID scanning of bag tags in the new baggage handling system will ensure that Groupe ADP remains at the forefront of airport technology. RFID baggage labels have been shown to minimise the number of mishandled bags and have been trialed by Groupe ADP since 2013 with the installation of RFID scanners by Air France and KLM.

Continued availability of the new baggage handling system is crucial for Paris - Charles de Gaulle, which is one of the world’s 10 busiest airports by passenger traffic. To ensure on-going optimisation and efficiency, Groupe ADP has also awarded BEUMER Group with a contract for the 24/7 maintenance of the CrisBag system. Based on very high Key Performance Indicators (KPIs), the contract will ensure that the baggage handling operation maintains the agreed high levels of performance. This will enable Paris - Charles de Gaulle Airport to meet its responsibilities to its airlines and passengers.

 ...
BEUMER Group wins contract for overland conveyor at Knight Hawk Coal facility in Illinois
Beckum, 21. August 2018

Four-mile single-flight system to serve company’s Prairie Eagle Mine

BEUMER Groups’ U.S. subsidiary, the BEUMER Corporation, has been awarded a contract to design, supply and install a nearly four-mile overland conveyor at Knight Hawk Coal’s Prairie Eagle Mine in Illinois.

The Knight Hawk project is a strategic win for BEUMER, allowing the company to broaden its mining sector footprint, according to Brad Williams, Vice President of Sales and Business Development for BEUMER’s Conveying & Loading Division, based in the Kansas City area.

“We are very accustomed to handling coal and coal residuals in the Power industry, but we are excited about the opportunity to focus on a project directly in the coal mining sector,” Williams said.

The curved troughed belt conveyor will carry coal from Knight Hawk’s new underground mine portal to its main coal preparation plant at Prairie Eagle. The overland conveyor will allow Knight Hawk to seal a portion of its underground mine and bring coal to the surface near its current mining activities. Commissioning of the new conveying system is scheduled for April 2019.

“This project is right up BEUMER’s alley from a technology standpoint, as it will become our third overland curved troughed belt conveyor installed in North America in the last five years,” Williams said. “Our curved conveyor technology allows for a single-flight system that costs less to install and operate than a conventional conveying system, and will offer Knight Hawk long-term financial and environmental benefits when compared with trucking.”

The original request for proposal called for four straight conveyors requiring three transfer towers,” Williams explained. BEUMER’s winning proposal features a single-flight curved conveying system that eliminates the cost of tower steel, and greatly reduces the quantity of components and necessary spare parts. It reduces the dust, noise, maintenance and operating costs associated with the transfer points, and offers 98 percent reliability compared with roughly 92 percent reliability of four conveyors operating in series.

Prairie Eagle is the hub of Knight Hawk's coal mining operations, processing and shipping more than 80 percent of the company's five million tons of annual coal production. Opened in 2005 as a surface mine, the Illinois facility was expanded to include two underground mines, Knight Hawk's primary coal preparation plant, and multiple truck loading facilities. Prairie Eagle is widely recognized as one of the most efficient underground mines in the United States.

 ...
Adaptada de forma perfeita a alterações
Beckum, 21. August 2018

Com a solução completa do BEUMER Group, a Röfix ensaca, paletiza e embala diferentes materiais – isso com alta flexibilidade:

Argamassa para alvenaria, rebocos, tintas, revestimentos ou contrapisos – a Röfix AG tem cerca de 200 materiais diferentes no seu portfólio. Para que estes cheguem pontualmente, nas quantidades certas e de forma segura ao cliente, o fabricante dá uma atenção especial à tecnologia de ensacamento, de paletização e de embalagem. O BEUMER Group forneceu uma instalação completa à fábrica suíça em Sennwald e integrou-a em um edifício existente. A instalação pode ser adaptada de forma flexível aos diferentes materiais – sem ter que modificá-la. Cada um dos componentes do sistema é de manutenção simples e opera de forma segura. Assim não ocorre nenhuma parada imprevista e atinge-se uma alta disponibilidade.

O panorama montanhoso de Chrüzbergen, Stauberen e Hoher Kasten contrasta de forma alta e imponente com o planalto superior do Reno. Aqui em Sennwald, no cantão suíço de São Galo, os amantes da natureza, os caminhantes e os ciclistas podem apreciar as florestas, os prados e as trilhas entrelaçadas. Neste lugar contemplativo, com seus cerca de 5.000 habitantes, foi onde o fabricante austríaco de materiais de construção, Röfix, membro do grupo Fixit, estabeleceu uma de suas cinco fábricas suíças. "Aqui fabricamos o nosso sortimento completo", descreve Josef Sennhauser, CEO da Röfix Suíça. "Entre os cerca de 200 materiais de construção diferentes há, por exemplo, reboco de acabamento, diversos tipos de concreto, argamassa, massa de contrapiso ou cola", explica o gerente da fábrica, Gerhardt Welte. "Ou seja, produtos com características de fluidez totalmente diferentes".

É justamente aqui que está o desafio. Para ser competitivo, não é só a alta qualidade dos materiais de construção que é importante. "Os fabricantes também precisam entregar sua mercadoria de maneira pontual e confiável aos seus revendedores e clientes finais", enfatiza Sennhauser. "A pontualidade é um fator decisivo para a satisfação do cliente". Para isso, a filial suíça precisava de uma linha de embalagem, que pudesse encher os diferentes materiais de forma rápida e flexível em sacos, paletizá-los e por fim embalar as pilhas prontas com uma capa de estiragem. No passado ocorriam interrupções frequentes em máquinas individuais e os funcionários precisavam ajustar a linha durante a troca de produto, muitas vezes de forma dispendiosa - ambas consumiam tempo.

A escolha da parceira certa

A Röfix já teve boas experiências com as soluções do BEUMER Group em outras fábricas. Por isso, os responsáveis procuraram o provedor completo de tecnologia de ensacamento, paletização e embalagem. "Não só nossos clientes pressupõem confiabilidade, nós também esperamos o mesmo dos nossos fornecedores", diz Welte. Além da flexibilidade, as principais exigências à linha de embalagem foram uma operação econômica, uma manutenção simples, bem como um suporte abrangente ao cliente. Ambas as empresas chegaram rapidamente a um acordo sobre o escopo e o cronograma, e o projeto pôde ser iniciado.

Enchimento: nem a mais, nem a menos

Como a gama de produtos dos materiais de construção que fabricamos aqui é muito ampla, o BEUMER Group instalou uma ensacadeira do tipo BEUMER fillpac R, que funciona conforme o princípio de enchimento a ar. Os sacos são pesados durante o processo de enchimento. Para isso, o BEUMER fillpac está equipado com um dispositivo de pesagem eletrônico aferível. Ele assegura que o sistema encha os sacos sempre com a mesma quantidade. Um software especial permite uma comparação permanente do peso entre os bicos de enchimento e a balança. Como o sistema sela os sacos por meio de ultrassom, o resultado atingido é ótimo – já que esta tecnologia opera de forma muito limpa. Além disso, os acúmulos de produto em torno da válvula são evitados.

Graças à sua construção modular, o sistema pode ser facilmente integrado em linhas existentes. Com o aplicador de sacos BEUMER bag placer e o carregador de fardos de sacos, a ensacadeira torna-se ainda mais eficiente. Os servomotores acionam a barra de acionamento e a ventosa pneumática de forma automática para a posição exata e com eficiência energética. O sistema de garra e de aplicação fecha os sacos da pilha de forma segura no bico de enchimento. Assim, é possível processar 1.200 sacos por hora com alta precisão. Com uma expansão seriam possíveis até 1.800 sacos. "O usuário também pode adaptar o BEUMER bag placer de forma simples a outros formatos de saco. Isso aumenta ainda mais a flexibilidade da instalação", explica Denis Sielemann, gerente de vendas sênior, da área de materiais de construção no BEUMER Group.

Paletização cuidadosa garantida

Para finalmente paletizar os sacos de modo totalmente automático, confiável e sobretudo com rapidez, o BEUMER Group instalou um paletizador por camadas do tipo BEUMER paletpac. Essa instalação empilha os sacos sobre os paletes camada por camada de maneira precisa em travamentos de seis. "Para girar os sacos de modo cuidadoso e indeformável na posição necessária, a instalação possui um dispositivo de giro de correia dupla", explica Sielemann. "Quanto à exatidão de posicionamento, ela oferece uma vantagem enorme em relação aos processos de giro convencionais". Pois o componente da instalação move os sacos, sem os deformar mecanicamente. Em vez disso, são utilizados dois transportadores de correia acionados paralelamente, que se deslocam em velocidades diferentes e, assim, giram os sacos rapidamente. Estes transportadores movem os sacos à posição desejada de forma particularmente cuidadosa. O comando inteligente do dispositivo de giro de correia dupla leva em conta as medidas e o peso dos sacos. Assim, ele atinge um posicionamento exato, determinado pela respectiva configuração das camadas. A particularidade: No caso de mudança de produto, o usuário não precisa ajustar a instalação a parâmetros alterados – isso poupa tempo e custos.

Embalado de forma rápida e segura

As pilhas de sacos prontas chegam ao sistema de embalagem BEUMER stretch hood A através de transportadores de roletes. "Este sistema é simples e seguro de operar", descreve Sielemann. Para facilitar o trabalho do pessoal de manutenção e, assim, garantir também a alta disponibilidade deste sistema de embalagem, ele não precisa de nenhuma plataforma. Os trabalhos de manutenção, como a substituição das facas ou das barras de soldagem, ocorrem no nível do chão. Uma outra vantagem é a construção compacta e, consequentemente, a redução da altura total e do espaço de instalação.

Um sistema de transporte de filme conduz a capa previamente cortada e soldada à instalação, sem danificar o material. O cordão de solda da capa resfria no caminho para a unidade sanfonadora e esticadora, e ela pode ser enrugada sem perda de tempo. Assim, uma unidade de resfriamento com alto consumo energético e tempos de resfriamento redutores de eficiência tornam-se desnecessários. Podemos adaptar a BEUMER stretch hood A rapidamente a diferentes tipos de filme", diz Sielemann – isso aumenta ainda mais a flexibilidade da linha completa. "Processamos 50 a 60 paletes por hora", conta satisfeito Josef Sennhauser: "Caso necessário, é possível aumentar esse número".

Tudo sob controle

Para que os colaboradores possam operar as instalações nesta linha de forma simples e rápida, o provedor de sistemas equipou-as com a interface homem-máquina BEUMER (HMI). Com isso, os operadores recebem um conceito de intereção simples e intuitivo, com o qual é possível estruturar os ciclos de trabalho de forma igual e, sobretudo, com eficiência, em todas as máquinas. As visualizações mostram o que, onde e como deve ser ajustado. O operador pode, por exemplo, acessar sequências de vídeo, que mostram a troca da bobina de filme e da faca de filme. Para outros trabalhos de ajuste, tais como, correção do saco no BEUMER paletpac,  o aparelho de comando e controle oferece gráficos e instruções passo a passo.

No fim da linha, um colaborador retira sucessivamente os paletes embalados do transportador de roletes com uma empilhadeira e os transporta para a saída de mercadorias. Onde permanecem prontos até a coleta. O maior desafio deste projeto: "A linha de embalagem precisou ser planejada através de três níveis diferentes em edifícios já existentes", conta Sielemann. Mas isso também foi superado com maestria pelos experientes colaboradores do BEUMER Group. Pois os sistemas são soluções que podem ser facilmente adaptadas às exigências da engenharia civil pelos engenheiros.

Sem paradas, flexível na mudança de produto

A linha de embalagem está em uso desde meados de 2016. A fábrica suíça não teve nenhuma parada até agora e os colaboradores são muito flexíveis no caso da mudança de produção – exatamente o que a Röfix desejava. E, caso surjam irregularidades, os responsáveis podem ter certeza de que o BEUMER Group não os deixará na mão. Caso necessário, o pessoal de assistência técnica se conecta na central do BEUMER Group em Beckum por meio de manutenção remota aos sistemas e oferece suporte rápido e simples.

"Estamos muito satisfeitos", resume Welte. "O BEUMER Group forneceu-nos uma solução chave na mão, que funciona sem problemas" e Sennhauser completa: "Desde que temos a linha em uso, estamos sempre à disposição dos nossos clientes. Além disso, com a nova embalagem garantimos aos clientes um valor agregado, como maior estabilidade da carga ou também uma ótima apresentação do produto e, consequentemente uma apresentação ideal da marca".

 ...
"Com nossos sistemas podemos prestar suporte durante todos os processos do cliente"
Beckum, 09. August 2018

BEUMER Group: Entrevista com Gregor Baumeister, Diretor do departamento de paletização e embalagem e Christian Freise, Gerente de Vendas Sênior da divisão de químicos

Senhor Baumeister, como responsável pelo departamento de paletização e embalagem no BEUMER Group, o senhor controla e coordena o centro de competência global dessa área de negócios. Quais são seus objetivos?

Baumeister: Como responsável pelo departamento de paletização e embalagem eu tenho uma função muito interessante e diversificada. Junto com minha equipe, sou responsável, entre outros, pela estruturação e ampliação do portfolio de soluções. Meu objetivo posso formular de maneira muito simplificada: eu quero impulsionar mundialmente o crescimento dessa área de negócios. Para que isso seja possível, precisamos estar presentes em todas as regiões do mundo para que possamos oferecer suporte ideal a todos nossos clientes. Apostamos em indústrias com potencial e naturalmente em setores industriais nos quais estamos bem consolidados, entre outros a indústria química. Aqui seguimos oferecendo soluções inteligentes aos nossos clientes.

Senhor Freise, o senhor pertence à equipe do BUEMER Group que se dedica à indústria química. Quais são suas responsabilidades e de seus colegas?

Freise: Nós cuidamos de clientes que buscam soluções de embalagens na indústria química e petroquímica. Com nossa equipe unificamos conhecimentos específicos desse setor da indústria com o conhecimento das tecnologias disponíveis. O que pode ser um único produto simples ou linhas de embalagens completas. As exigências da indústria química, principalmente petroquímica, são muito específicas. Nossas máquinas e instalações são dimensionadas de tal forma que podem ser adaptadas às exigências específicas dos diferentes setores industriais, especialmente a esse. Logicamente, nosso portfolio é continuamente desenvolvido. Nós também oferecemos soluções especiais para tarefas mais exigentes.

O Sr. poderia esclarecer as exigências especiais da técnica na indústria química? O que é preciso considerar para esses produtos?

Freise: Os produtos da indústria química e petroquímica possuem muitas vezes temperaturas muito distintas e comportamento de fluxo anormal, diferente de cimento, argamassa ou gesso. Esses se diferenciam pela densidade aparente ou granulação. Porém, o que todos os produtos têm em comum: precisam chegar aos comerciantes e clientes em estado impecável. Além disso, eles precisam ser ensacados, paletizados e embalados de forma rápida, porém cuidadosa.

Como é possível atender essas exigências? O que o Sr. faz para que os clientes obtenham os sistemas adequados?

Baumeister: Nós oferecemos uma gama abrangente de produtos de estrutura modular. Nosso grupo empresarial possui toda a competência necessária para elaborar soluções personalizadas, mesmo para fluxos de materiais muito complexos. Com nossos sistemas, é possível traçar dentro de uma área definida todos os processos do cliente para o armazenamento e o transporte de matérias primas, bens consumíveis e auxiliares, produtos semi-acabados e acabados. Podem ser materiais a granel ou mercadorias em volumes ensacadas, em caixas, galões, barris, baldes ou sacos grandes que são movimentados individualmente ou sobre paletes. Fornecemos soluções completas. Com isso, o cliente reduz as interfaces e necessita somente uma pessoa de contato.

O que o cliente pode esperar? Como eles podem, por exemplo, ensacar seus produtos da indústria química de forma eficiente?

Freise: Linhas de embalagem para a indústria química podem ser executadas da seguinte forma: materiais a granel são transportados do silo ao nosso sistema BEUMER fillpac® FFS Form-Fill-Seal. A ensacadeira forma um saco a partir do filme tubular de polietileno pré-fabricado e o enche com materiais sintéticos técnicos do cliente, como granulados de PE, PP, PA ou PS. Eles são pesados antes do processo de ensacamento. Para isso, a BEUMER fillpac® FFS é equipada com um dispositivo de pesagem eletrônico aferível. Ele garante que os sacos sejam enchidos sempre com a mesma quantidade dentro das tolerâncias determinadas. Na sequência eles são selados. Na gama de alto rendimento é possível processar até 2.600 sacos por hora com pesos de até 25 quilos. Para essa linha de produtos oferecemos agora também instalações para rendimentos inferiores.

Quando o material é ensacado, ele precisa ser transportado adiante. Quais possibilidades são oferecidas aos clientes?

Freise: Os sacos cheios com diferentes tamanhos e pesos precisam, na sequência, ser empilhados sobre paletes de forma estável e segura. Para isso, oferecemos o BEUMER paletpac®. O paletizador possui construção modular e por isso pode ser montado rapidamente. Ele tem boa acessibilidade para manutenção. A operação é intuitiva e flexível e pode ser adaptada às diferentes configurações de camada. Geralmente, as empresas desse setor precisam posicionar os sacos cheios de forma cuidadosa e ao mesmo tempo rápida e exata. Para isso, equipamos o BEUMER paletpac® com um dispositivo de giro de grampos ou de correia dupla.

Porém, quando o cliente não ensaca seus produtos e eles são processados como artigos em caixas ou vasilhames, então é utilizado nosso BEUMER robotpac®. Ele é um robô de braço articulado que requer pouco espaço e executa de forma segura tarefas de paletização e despaletização complexas de maneira totalmente automática. Possuímos para cada tipo de produto a ser empacotado um sistema de garras ideal. Dependendo das exigências, durante o transporte, as mercadorias paletizadas devem estar sobre a superfície de carregamento ou, em caso de armazenamento externo, ser protegidas contra pó, chuva ou outras influências climáticas. Para isso desenvolvemos o sistema de embalagem de alto rendimento BEUMER stretch hood®. Ele cobre os produtos com uma capa de estiragem altamente elástica.

Como é possível garantir uma operação simples e intuitiva?

Baumeister: Nós equipamos todos os sistemas da linha de embalagem com a mesma Interface Homem Máquina (HMI). Com esse aparelho de comando e controle, o colaborador tem à disposição um conceito de interação de fácil entendimento e intuitivo, com o qual é possível estruturar seu ciclo de trabalho de forma segura.

O que acontece no final dessa linha?

Baumeister: Com nossas soluções de sistema, é possível transportar paletes cheios ou também sacos individuais em um armazém fechado ou diretamente sobre a superfície de carregamento de caminhões. Os componentes são, principalmente, tecnologias de transporte como transportadores ou sistemas com base em veículos. Nós sempre utilizamos componentes de nossos sistemas modulares. Isso torna as soluções flexíveis e expansíveis, adaptáveis às exigências de modificações dos clientes, como alterações ou complementos de produtos e portfólios de embalagem.

Como o BEUMER Group garante um rastreamento contínuo e seguro de materiais e de dados?

Freise: Os sistemas de ensacamento, paletização e embalagem, assim como outros componentes do sistema estão coordenados. Além disso, desenvolvemos o BG Software Suite como sistema de processamento de dados superior. Ele pode ser adaptado conforme tarefa. Também é possível integrar facilmente sistemas de terceiros. Caso necessário, o cliente pode expandir a qualquer momento a solução para aprimorar seus fluxos de materiais. Dados de processo ou relatórios são exibidos pela interface de usuário comum BG Fusion. Com ela é possível acessar todos os dados disponíveis - sem que o operador tenha que trocar entre os diferentes aplicativos.

Vocês também elaboram conceitos completos de fluxos de materiais?

Baumeister: É claro. Dependendo da complexidade da função, algumas aplicações podem ser implementadas somente no nível do CLP. Outras requerem calculadores de fluxos de materiais superiores ou sistemas de controle de armazém. O BEUMER Group garante a comunicação entre os diferentes níveis de controle do usuário. Isso permite não somente conectar de forma inteligente as instalações individuais, mas também de integrar os sistemas de controle de processo ou de gerenciamento de mercadorias. E como único provedor, evitamos possíveis falhas resultantes das várias interfaces. Como provedor de sistemas, nossa ampla experiência em tecnologia de controle e automação também nos permite projetar e instalar tarefas intralogísticas complexas.

Qual o mais novo desenvolvimento na área de embalagens?

Baumeister: Com o novo aplicativo da BEUMER, Overall Operation Monitoring, desenvolvemos uma aplicação com a qual o operador e a gerência podem receber todos os principais indicadores da linha de embalagem completa em seu smartphone ou tablet. O aplicativo mostra o status da disponibilidade, dos graus de rendimento e de qualidade, assim como consumo de energia e de ar comprimido. Assim, uma operação sem falhas é garantida a qualquer momento. Os clientes podem adaptar o programa às suas exigências específicas.

 ...
In perfect condition to the customer
Beckum, 26. July 2018

BEUMER Group at the Fachpack 2018:

Coming up again in autumn – approx. 1,500 exhibitors will show future-oriented solutions and developments relating to packaging at the Fachpack from 25th to 27th September 2018. As a turnkey solution provider BEUMER Group will showcase tailor-made solutions for consumer goods – from the filling of bags up to packaged product stacks ready for transport, including control and comprehensive customer support.

At booth 121 in hall 1 BEUMER Group will show its competence in the field of packaging technology. The full liner delivers everything from one single source: The customer has only one single point of contact and avoids vendor interactions. The system supplier dimensions the performance of the single machines and components as well as the high-level control in an optimum way. Thus the operator receives a complete line with optimum throughput.

The BEUMER fillpac R filling machine fills bulk materials such as cement or building materials and other industrial pulverised goods into bags in an efficient and gentle way. It can fill very fine to very coarse materials into different bag formats and types, such as valve bottom bags and flat valve bags. BEUMER Group has now complemented the rotary filling machine with a BEUMER bag placer and a ream magazine. Due to its modular design, the BEUMER fillpac R can be easily integrated and adjusted with existing packaging lines.

The highly efficient form fill seal system BEUMER fillpac FFS is used in the chemical and petrochemical industries. It forms bags from a prefabricated tubular PE film, fills them with the product of the customer and seals them. BEUMER Group introduces the BEUMER fillpac FFS form fill seal system both for the high-capacity range of up to 2,600 bags per hour and for low throughputs up to 1,800 or 2,500 bags per hour. Depending on the customers' requirements the suitable machine performance class can be selected from the extended product range. Both the BEUMER fillpac R and the BEUMER fillpac FFS are equipped with a specialised weighing unit which ensures the correct quantity of the filled material.

In the next phase, the bags are stacked on pallets. For this, BEUMER Group offers the BEUMER paletpac high-capacity palletiser. It stacks even sensitive and valuable products as well as products with special flow characteristics in a gentle and efficient manner. Depending on the product requirements, it can be equipped with a clamp-type turning device or a twin-belt turning device.

BEUMER Group offers the BEUMER robotpac, a space-saving articulated robot, for palletising cartons, boxes, canisters or trays. This fully automatic articulated robot is able to solve even complex palletising and de-palletising challenges reliably and efficiently. BEUMER has developed fully automatic gripping systems that are easily exchangeable and suitable for each item to be packed.

The BEUMER stretch hood high capacity packaging system is at the heart of the packaging lines. In logistic centres for example, it covers the mixed pallet of merchandise with a highly elastic film hood, but also filled and palletised bags, boxes of detergent, buckets of paint or storage jars stacked on pallets. During transshipment and outside storage, the merchandise is protected reliably against environmental influences such as sunlight, dirt and humidity. This is important for the operators who need their products to be transported reliably and in perfect condition to the customers.

The BEUMER bag-in-bag offered by the system provider packages one or several filled paper bags quickly and reliably in a weather-resistant plastic film. This ensures that the contents are perfectly protected against moisture, dust, insect infestation and other environmental factors when they are transported or stored. The system can be easily integrated in existing filling or packaging Systems.

BEUMER at the Fachpack 2018, hall 1, booth 121

 ...
A transformação é inevitável
Beckum, 24. July 2018

O BEUMER Group prepara a transformação digital na intralogística

Indústria, economia e sociedade se encontram em plena transformação digital. Fato: ela é inevitável, pois clientes não querem mais abrir mão das vantagens que ela proporciona em muitas áreas. Porém, quais são as consequências? Principalmente entre as indústrias, muitas barreiras estão perdendo importância e é exatamente aqui que estão os desafios. As perguntas principais são: quem impulsiona essa transformação e, os fornecedores de hoje serão os mesmo de amanhã? De qualquer forma, o BEUMER Group está se preparando para o futuro digital.

A logística é fortemente influenciada por esse processo de transformação. Pois uma logística digital traz benefícios relacionados a custos, transparência e velocidade. Principalmente a intralogística pode ser estruturada de forma mais eficiente e ecologicamente correta através de uma integração inteligente de tecnologias digitais. Um impulsionador é o crescente número de vendas online. Com o avanço do desenvolvimento dos fluxos de mercadorias de vendas online e as devoluções associadas, aumenta o grau de conexão, automação e integração de sistemas. Atualmente, as cadeias de fornecimento são continuamente organizadas e conectadas - desde os pontos iniciais das matérias primas até o fornecimento na casa do cliente e até eventualmente a devolução, a eliminação e a reciclagem da mercadoria.

Como provedor de sistemas, o BEUMER Group fornece sistemas de classificação de alta velocidade para comerciantes de venda online e centros de logística. Sua capacidade pode ser adaptada ao aumento constante do número de usuários. "Para aumentar nossa competitividade, precisamos permanentemente aprimorar nossos produtos de forma que nossos clientes consigam reduzir seus custos e otimizar seus processos", explica o Dr. Christoph Beumer, Diretor Geral do Beumer Group com sede na cidade alemã de Beckum. Para isso, faz anos que o provedor de sistemas possui uma gestão de inovação integrada em sua estratégia e já patenteou quase 100 produtos. Pelo seu comprometimento e diversificação nessa área, o BEUMER Group ganhou em 2017 o prêmio Axia Award, que premia empresas de médio porte pela sua gestão empresarial sustentável e de sucesso. Porém na era da transformação digital é muito importante não só melhorar processos internos, mas também desenvolver novos modelos de negócio. Ou seja, não trata-se somente de melhorar o que já existe. "Nós precisamos criar algo novo. Pois, instalações e sistemas estão cada vez mais eficientes e possuem velocidades maiores", descreve o Dr. Beumer.

Criar tendências ao invés de ignorá-las

O pior cenário para qualquer setor industrial é não acompanhar as tendências. Para o líder de mercado, isso pode ter consequências drásticas. Um exemplo: a fotografia analógica. A empresa Agfa construiu em mais de 100 anos de empresa um excelente nome no mercado. Foi a Agfa que criou, entre outros, o líquido para desenvolvimento de filmes e o primeiro flash, o primeiro filme de segurança e a primeira câmera completamente automática - porém não a primeira câmera digital. Essa foi desenvolvida por outro: um engenheiro da empresa Kodak. Porém, seu empregador deixou a inovação parada por muito tempo. Um erro fatal, como pôde ser constatado em pouco tempo: concorrências como Apple, Casio e Canon lançaram nos anos 90 as primeiras câmeras digitais para o mercado de larga escala e deixaram para trás as duas empresas de fotografia mais bem sucedidas até então. Ou seja, quem não reagir à transformação digital a tempo, irá perder.

"O mesmo destino também ameaça empresas de engenharia mecânica e de intralogística com o processo de impressão em 3D. "Se algum dia for possível fabricar um suporte de aço com esse tipo de técnica, isso irá revolucionar toda a indústria" prevê o Dr. Beumer. Um tipo completamente novo de armazenamento poderia surgir. Ao invés de manter uma grande variedade de peças de reposição, os componentes seriam impressos somente quando necessário. Dessa forma, momento e quantidade seriam exatamente controlados. Processos complexos de compra seriam eliminados. "Nós simplesmente enviaríamos o desenho da peça de reposição para nossas filiais na Tailândia ou Brasil. Nossos colegas iriam imprimir localmente os componentes em 3D. Não precisaríamos enviar o componente por navio para cruzar o oceano", diz o Dr. Beumer.

Economia de tempo e de custos graças à realidade aumentada

Também não seria necessário enviar técnicos de serviço por semanas para outros continentes. O seguinte cenário é possível: o colaborador trabalha localmente com óculos 3D e visa o objeto com seu equipamento móvel. Através de características de identificação no elemento de logística, por exemplo um transportador, e um aplicativo especialmente desenvolvido para essa função, é possível criar as informações associadas. Por exemplo esquemas de circuitos, instruções de manutenção ou ocupação de tomadas. Os dados necessários são exibidos na imagem da câmera. O técnico avalia a peça defeituosa e imediatamente acessa todos os manuais pertinentes ou o estoque de peças. Cada etapa de trabalho é exibida. Em caso de processos muito complexos ele poderia, por exemplo, ligar para um colega local e juntos solucionariam o problema por meio de Live-Stream.

O BEUMER Group utiliza com sucesso Tablets em diversos aeroportos que operam seus sistemas de tratamento de bagagens, inclusive no Singapore Changi Airport. Como principal aeroporto no sudoeste asiático, ele é conhecido por ser muito moderno e pelas facilidades que disponibiliza aos passageiros. O sistema de manuseio de bagagens foi desenvolvido e integrado pelo BEUMER Group. O provedor de sistemas é responsável pela operação sem falhas e pela manutenção ideal que garantem uma eficiência a longo prazo do sistema de manuseio de bagagens. Os colaboradores do Customer Support da Beumer operam ininterruptamente das salas de controle de bagagens. Eles também são responsáveis pela manutenção preventiva, a fim de garantir que a instalação esteja sempre disponível e operando de maneira ideal.

Melhor criar inovações do que correr atrás delas

Não é possível parar o progresso. A pergunta aqui é: quem o propulsiona? Pois, assim como a indústria automobilística é confrontada com a eletromobilidade, e precisa lidar com questões de quem irá desenvolver e fabricar no futuro veículos e, principalmente, acionamentos, no setor da intralogística, a concorrência virá de outros setores. Hoje em dia, mesmo para esse setor, a concorrência se chama Apple, Google e Facebook, e no caso do BEUMER Group até Spotify. Mesmo que o provedor de sistemas não tenha música própria, muitos de seus sistemas de classificação foram utilizados na indústria musical para a distribuição e classificação de CDs. Porém, desde que os serviços de streaming estão ficando cada vez mais populares, e as vendas de CD e, consequentemente sua produção, diminuem cada vez mais, também não há mais sistemas de classificação para essa indústria. "Esse setor era somente um nicho de mercado, porém o fenômeno pode se estender para outros setores", teme o Dr. Beumer. "Nós equipamos com nossos sistemas as áreas de tratamento de bagagens de aeroportos em todo o mundo. Porém, atualmente já existem empresas que buscam as malas na porta de casa e os entregam diretamente no destino. Os passageiros não precisam cuidar de nada". Isso é somente uma ideia implementada de Start-ups muito criativas. O chamado "Unicorn Club", formado por um grupo de jovens empresários e que é avaliado em bilhões, cresce continuamente. Empresas como o BEUMER Group devem esperar ser ultrapassados por esses tipos de desenvolvimentos?

Ataques disruptivos de fora

Com certeza não. Como empresa familiar, o BEUMER Group é responsável pelos seus colaboradores e clientes. Por isso, o provedor de sistemas reage a essas mudanças com seu próprio ataque disruptivo externo e cria suas próprias Start-ups: "Fundamos duas empresas adicionais ao departamento de inovações da empresa", explica o Dr. Beumer. Eles desenvolvem os chamado Minimum Viable Products, ou seja, protótipos minimamente equipados os quais verificamos desde seu potencial até sua introdução no mercado."

O Start-up da BEUMER BG.evolution tem sede em Dortmund nas imediações do centro de inovações Digital.Hub Logistics. Aqui, empresas e pesquisadores desenvolvem juntos a logística para modelos de negócios digitais. Uma dessas inovações é, por exemplo, um aplicativo com o qual os usuários podem acompanhar o status de suas instalações através de seus Smartphones ou Tablets conectados diretamente aos seus sistemas.

Além disso, em Berlim foi fundada a BG.challenge, que foca no desenvolvimento de novos modelos de negócios que podem alterar externamente modelos de negócio existentes. Ela oferece ajuda inicial para jovens empresas. " Desta forma estamos nos preparando para o futuro e nos encontramos no caminho correto para a era digital", diz o Dr. Beumer.

 ...
O produto que segura o mundo
Beckum, 19. July 2018

O BEUMER Group fornece sistemas adaptados para uma fabricação de cimento mais econômica e ecologicamente correta:

O cimento é o material de construção mais utilizado no mundo e o setor continua crescendo sem parar. Porém, os fabricantes enfrentam alguns desafios: eles precisam cumprir regulamentações ambientais cada vez mais rigorosas, isso em um setor industrial com um dos maiores índices de emissões de CO2. Ao mesmo tempo, o excesso de capacidade - principalmente na China - causa um aumento na pressão dos custos. Por isso, muitos países importam o material de construção, ao invés de produzí-lo. O BEUMER Group, presta suporte a fabricantes de cimento com instalações e máquinas adequadas, que aumentam a eficiência de sistemas existentes e melhoram, ao mesmo tempo, a competitividade.

Um lema da construção civil diz: "Sempre há algo sendo construído". Seja na América do Norte, Ásia ou África, grandes projetos de infraestrutura demandam cada vez mais materiais de construção para edifícios, ruas, aeroportos, pontes, represas. Desde 1990, a produção de cimentos quase quadruplicou. Em 2016, foram produzidas mundialmente quase 4,17 milhões de toneladas de cimento. Esse crescimento se deve principalmente ao desenvolvimento do mercado asiático - principalmente na China. Porém, mesmo com o crescimento na produção de cimento, os fabricantes enfrentam o excesso de capacidades na produção de cimento foi que acumulado nos últimos anos, principalmente o chinês. Mundialmente, isso leva à redução do preço do cimento e do clínquer. Devido ao excesso de capacidades, alguns países apostam cada vez mais na exportação de cimento e clínquer, um produto intermediário da fabricação de cimento. Ao mesmo tempo, aumentou o número de países que importa cimento ou clínquer, ao invés de produzir o material de construção. Em 2016 mais de 150 nações importaram cimento e clínquer.

Um deles é a Austrália. A cidade de Brisbane, por exemplo, é uma das cidades do continente que mais cresce. Nela vivem aproximadamente dois milhões de pessoas. Até o ano de 2056 estima-se que o número de habitantes tenha dobrado. Por isso, os trabalhos no centro da cidade são intensos. Obras podem ser vistas por todos os lados. Edifícios praticamente brotam do chão. Devido às rigorosas regulamentações ambientais australianas e a pressão por preços menores, uma crescente parte da necessidade de cimento e, principalmente clínquer, é obtida através da importação. Na Austrália, o clínquer importado é então transformado em cimento. Os materiais importados vem de países como Indonésia, China ou Vietnã. Assim, as importações de cimento e clínquer substituem cada vez mais os produtos nacionais. Em 2016, a capacidade de produção nacional de cimento era de somente aproximadamente 57 porcento.

Reduzir o impacto ambiental, aumentar a eficiência energética

Em todo o mundo, durante a produção de cimento, são emitidas grande quantidades de Co2. Essas emissões são geradas, entre outros processos, principalmente durante a emissão de CO2 do calcário utilizado para a produção de clínquer de cimento.

Dependendo dos processos utilizados, as emissões de CO2 durante a produção de cimento são de 0,6 - 0,99 t de CO2 por tonelada de cimento. Pesquisas indicam que a fabricação de cimento é responsável por sete a oito porcento das emissões de CO2 de todo o mundo. Os produtores conseguiriam reduzir essas enormes quantidades ao substituir parcialmente, entre outros, o clínquer de cimento por cinza volante, argila ou escória de alto forno.

Uma outra abordagem para uma redução sustentável de emissões de gases de efeito estufa e redução dos custos de produção é o aumento do uso de combustíveis alternativos para a fabricação de cimento. Neste caso, no lugar de combustíveis fósseis como carvão e gás, são utilizados combustíveis alternativos como condutores de energia. Além de materiais líquidos como óleo usado ou solventes, a maior parte dos combustíveis alternativos sólidos são resíduos municipais ou industriais, como misturas de materiais sintéticos, papel, materiais compostos ou produtos têxteis. Também são utilizados pneus velhos triturados ou inteiros, que na Alemanha representavam em 2016 aproximadamente 6 % de combustíveis alternativos utilizados na produção de cimento. A borracha dos pneus usados possui o mesmo valor calorífico que o carvão, e o ferro da armação pode ser integrado mineralmente ao cimento. Isso reduz a adição de sustâncias de correção ferrosas.

Sistemas adequados à produção

Como provedor de sistemas, o BEUMER Group desenvolve soluções individuais, adequadas perfeitamente às exigências das fábricas de cimento: sistemas de transporte, como transportadores de correia côncava e Pipe Conveyors, diversos tipos de elevadores de caçambas e transportadores de clínquer, além de sistemas de carregamento e linhas de embalagem completas. O BEUMER Group também garante toda a corrente de fluxo de materiais, desde o descarregamento do veículo de fornecimento, até o armazenamento, amostragens, transporte e dosagem de combustíveis alternativos sólidos. Além disso, instalações completamente automáticas, que dosam, separam e transportam pneus com diferentes tamanhos e pesos para a entrada do forno rotativo. Grupo empresariais internacionais da área de cimento podem modernizar suas fábricas de forma econômica e sustentável com as soluções de intralogística do BEUMER Group.

Por exemplo, a empresa Aaborg Portland A/S confia nessas soluções. O BEUMER Group elaborou uma solução completa para transformar os diferentes tipo de resíduos em energia na fábrica dinamarquesa. Aqui são utilizados diferentes tipos de combustíveis alternativos no calcinador e no queimador principal. Os diferentes compostos de combustíveis são armazenados, transportados e dosados de forma eficiente. O cliente recebe tudo de uma só fonte e tem, dessa forma, somente um pessoa de contato.

O fornecimento dos combustíveis que alimentam o forno é feito por meio de reboques com piso móvel. No posto de recepção, os combustíveis alternativos são descarregados e na sequência armazenados temporariamente. Ambas as linhas recebem o produto transportado por meio de pisos móveis do armazém existente. Para transportar combustíveis alternativos processados do armazém para o calcinador e também para o queimador principal, o BEUMER Group forneceu e instalou um Pipe Conveyor como peça central da instalação. O transporte dos combustíveis com o Pipe Conveyor é, além de silencioso e requerer pouca manutenção, um sistema fechado que transporta materiais sem emissão de poluentes e energeticamente eficiente. Devido à sua forma construtiva fechada, não há queda de material, e em trajetos abertos não há risco de fuga de pó ou odores que, caso contrário, seriam lançados ao meio ambiente. Devido à sua curvatura, o Pipe Conveyor necessita consideravelmente menos pontos de transferência quando comparado a outros transportadores de correia. Desta forma, o BEUMER Group pode adaptar o sistema a trajetos individuais e o usuário economiza muito com custos de investimento.

Transporte com economia de energia e ecologicamente correto

Os transportadores de correia do BEUMER Group - Pipe Conveyors fechados e transportadores de correia côncava abertos - são ideais para o transporte de materiais a granel em terrenos acidentados. São possíveis transportadores de correia de longa distância com curvas horizontais e verticais, dependendo da topografia, com comprimentos de mais de 10 quilômetros. Conforme propriedades do material a ser transportado, é possível executar ângulos de inclinação de até 15 graus. O rendimento dos sistemas de transporte do BEUMER Group é de até 10.000 toneladas por hora.

Para longas distâncias, muitas vezes ainda são utilizados caminhões. Porém, dependendo da estrutura da via, eles alcançam rapidamente seus limites: pois além de boas rodovias, eles requerem combustível. Os custos para a construção, manutenção e eventual desmontagem não são baixos. Além disso, isso representa uma intervenção grave na natureza. As emissões, causadas pelo tráfego de caminhões são muito altas, tanto para a emissão de poluentes quanto para a geração de ruído e pó.

Transportadores de correia do BEUMER Group são equipados com acionamentos elétricos e correia com baixo consumo energético. Por isso, são uma opção preferencial, principalmente devido ao aquecimento global e com um aumento das emissões de gases de efeito estufa. Dependendo da topografia, motores operados por força motriz ou de forma regenerativa são, em sua maioria, ajustáveis. Dessa forma, é possível alcançar uma distribuição ideal da carga sobre as unidades de acionamento em diferentes estados operacionais. Em caso de transporte inclinado, o sistema de transporte com correia opera de forma regenerativa. A energia elétrica que se obtém nesse caso é reconduzida à rede pública por meio de uma unidade de alimentação de retorno. Dessa forma, os custos da instalação completa podem ser reduzidos ainda mais.

Verticalmente para cima

Para uma produção econômica, o BEUMER Group fornece diferentes tipos de elevadores de caçambas, que possuem baixos custos de investimento, longa vida útil e requerem pouca manutenção. Dependendo do tipo de aplicação, as caçambas são fixadas em uma correia ou uma corrente central. Seja caçambas em correia ou corrente - o BEUMER Group oferece a solução ideal para cada cliente graças a desenvolvimentos consequentes na área da técnica de transporte vertical.

Até algum tempo atrás, o uso de elevadores de caçambas com correia se limitava ao transporte de materiais a granel finos, pois em caso de modelos antigos de elevadores de caçambas havia risco de materiais mais grossos ficarem presos entre a caçamba e a correia, danificando a correia. O BEUMER Group aprimorou continuamente seus elevadores de caçambas com correia e desenvolveu o inovador elevador de caçambas com correia de alto rendimento tipo HD (Heavy Duty), que permite principalmente um transporte eficiente de materiais de grãos grossos, como clínquer. Esse modelo é projetado para eliminar o espaço entre a caçamba e a correia. Com isso, durante o processo de dragagem e enchimento, não há mais aderência de material grosso e a correia não é mais danificada. Ao mesmo tempo, oferece aos clientes todas as vantagens comprovadas de um elevador de caçambas com correia, como uma capacidade de transporte muito alta, longa vida útil da correia e uma operação silenciosa. Na área de elevadores de caçambas com corrente, a BEUMER também oferece a seus clientes tecnologia de ponta: com o elevador de caçambas com corrente central para o transporte vertical de materiais a granel grossos, quentes ou abrasivos.

A embalagem garante um transporte seguro

Até a finalização do cimento no silo, uma grande parte dos custos são associados ao transporte. O cimento é transportado a granel ou ensacado. A grande parte do cimento mundial é carregado como mercadoria a granel através de terminais em veículos de rodovia e sobre trilhos ou em navios. Além disso, uma grande parte do material é transportado ao cliente como mercadoria em sacos - ensacado, paletizado e embalado - e isso muitas vezes em trajetos muito longos. Para esse processo o BEUMER Group oferece linhas de embalagem completas. Elas são compostas por uma ensacadeira do tipo BEUMER fillpac R, que trabalha com o princípio de turbina de enchimento. A particularidade é sua eletrônica de pesagem especial. O ensacamento do produto ocorre conforme o sistema de pesagem bruto: os sacos são pesados durante o processo de ensacamento. A eletrônica de pesagem garante que a instalação alcance sempre um grau de enchimento exato dos sacos.A ensacadeira é complementada pelo BEUMER bag placer e por um carregador de fardos de sacos de última geração. Paletizadores por camadas do tipo BEUMER paletpac empilham na sequência os sacos de forma totalmente automática e com segurança, com um rendimento de até 5.500 sacos por hora. Para girar os sacos na posição necessária de forma rápida, cuidadosa e sem deformações, as instalações podem ser equipadas com um dispositivo de giro de correia dupla. Seu comando inteligente considera as medidas e o peso dos sacos para obter um posicionamento exato determinado por cada configuração de camadas. Na sequência, as pilhas de sacos prontas chegam ao sistema de embalagem BEUMER stretch hood A através de transportadores de roletes.

Carregamento e paletização em um só sistema

Para reduzir ainda mais os custos, há uma forte tendência quanto ao aumento da automação de embalagem e carregamento de cimento, inclusive em mercados de países emergentes como a Índia. O objetivo é reduzir o número de pessoal, principalmente em países emergentes, nos quais o transbordo de mercadorias ensacadas aumenta e os custos com salários aumentam. Para carregar os sacos com mercadorias a granel de forma totalmente automática em caminhões, o BEUMER Group possui em seu portfólio, entre outros, o sistema de carregamento e paletização BEUMER autopac 3000, com o qual é possível alcançar sem problemas rendimentos de 3000 sacos por hora. O sistema carrega e empilha ao mesmo tempo mercadorias ensacadas diretamente sobre a superfície de carregamento, sem a necessidade de paletes. Com esse sistema, o carregamento de sacos sobre caminhões é especialmente eficiente e econômico. Além disso, com o uso do BEUMER autopac é possível economizar com mão de obra. Mesmo o carregamento de vagões e navios é possível com os produtos BEUMER. Assim, o BEUMER Group suporta com suas instalações e sistemas fabricantes de cimento de todo o mundo para que eles, mesmo com a crescente pressão de custos e regulamentações ambientais mais rígidas, consigam produzir de forma mais econômica.

 ...
20 von282 Dateien werden angezeigt
Load more...
Contato

Você tem alguma pergunta?
Teremos prazer em ajudá-lo

Utilize nosso

Formulário de contato
Ou ligue para:
+49 2521 24-0